Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

13 Fevereiro de 2018 | 11h02 - Actualizado em 13 Fevereiro de 2018 | 12h56

Quarteto luta pelo "assalto" ao pódio do Carnaval do Moxico

Luena - O entrudo que acontece nesta terça-feira, 13, terá um desafio renhido, entre quatro candidatos ao troféu, nomeadamente Baffus Produções (campeão em título), Organizações Luvale, o ressurgido DBNC e o Enxame de Abelhas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Neste grupo de “papões” do Carnaval do Bié, na classe de adultos,  destaca- se o Exame de Abelha, com 24 participações consecutivas e com nove troféus, tenciona ganhar, depois do jejum de quatro anos, prevendo apresentar a diversidade cultural do povo desta região.

Com traje de cores amarelas e preta e estilo de dança típica da região “Catxatxa” e “Chombe”, o grupo acredita convencer o corpo de jurado na presente edição.

O ressurgido grupo carnavalesco Daniel Bernardo e Nelson Condes (DBNC), ausente do Carnaval desde 2016, depois de ter vencido seis edições, quatro das quais consecutivas (2011 a 2015), também promete repetir a proeza desta vez.

Com uma moldura de mais de 100 integrantes, apostando nos estilos de dança Tchianda, afro house e kuduro, o grupo quer reconquistar o título.

O grupo Organizações Luvale, criado em Novembro de 2008, igualmente vencedor de três edições, é outro candidato ao título, a julgar pelo afecto que goza no seio do público, pela profundeza na demonstração dos hábitos e costumes do povo Luvale, a segunda maior etnia da província.

Através de exibição do estilo de dança “catxatxa”, os 120 foliões que integram a classe de adultos terão a tarefa de agradar o público e a mesa de jurado para conseguir a quarta vitória.

Já o campeão de 2017, o Baffus Produções, terá que se aplicar ao fundo, renovando a sua exibição em todos os aspectos para convencer o público e o corpo do jurado.

Com 120 integrantes trajados de indumentária de cor verde, azul e branco,  o Baffus Produções venceu o desfile provincial com 256 pontos, por meio de uma mistura de dança do estilo chianda, afro house e kuduro, reforçando na presente edição o número de integrantes para 130, aos quais atribuiu a responsabilidade de afinar e melhorar os paços de dança, entre outro espectáculo carnavalesco.

Na classe infantil, o Baffus Produçoes é o único grupo papão ainda presente, com três triunfos, um dos quais conquistado em 2017. Nesta esfera, foram destaques os grupos Cassules do Sinai Velho, Lar Augusto Ngangula e Viveiro da Cultura, com três triunfos cada.

Desta vez, o desfile vai decorrer no mesmo dia, defronte ao Cine Teatro Luena, em simultâneo, com a da classe infantil e de adultos. Em palco irão desfilar inicialmente a classe infantil e depois a de adultos.

Na classe de infantil estão inscritos os grupos, Mana a Mbunga, União de Artes, União 4 de Abril, Os Filhos da Luz, Enxame de Abelhas, Muanga Muanga, os Brilhantes do bairro Aço, Estrelinhas, Anjinhos da Paz, os Viveiros de Kalofolofo, Baffus Produções e Saimbunda do bairro Zorró.

Enquanto na classe de adultos estarão em palco, União Wino Watchikota e Kapaca, Alto Camina, Makopo, Enxame de Abelhas, Bloco Azul, Kalofolofo, União de Artes, Organizações Luvale, Miting, DBNC, 18 de Abril, Baffus Produções e o grupo carnavalesco Limpos do bairro Canda.

Assuntos Cultura   Província » Moxico  

Leia também
  • 03/11/2018 16:29:59

    Matias Damásio quer conquistar mercado latino

    Luanda - O cantor e compositor angolano Matias Damásio tem trabalhado para conquistar outros mercados, fundamentalmente o público latino, afirmou hoje (sábado), em Luanda, o músico.

  • 02/11/2018 15:13:45

    Tradição de Mbanza Kongo assemelha-se com a do Israel, diz embaixador

    Mbanza Kongo - O embaixador de Israel em Angola, Oren Rozenblat, afirmou quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que parte da tradição da antiga capital do Reino do Kongo assemelha-se com a do seu país, sobretudo em termos das 12 fontes desta cidade património com as 12 tribos.

  • 30/10/2018 20:43:59

    Músico Gabriel Tchiema defende shows com banda

    Saurimo - O músico Gabriel Tchiema defendeu hoje, terça-feira, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, a necessidade dos cantores angolanos a ganharem o hábito de actuarem com banda, por garantir melhor qualidade do espectáculo.

  • 29/10/2018 21:24:21

    Escritor Cornélio Caley inicia funções na AAL

    Luanda - O escritor angolano Cornélio Caley foi empossado nesta segunda-feira, em Luanda, como membro da Academia Angolana de Letras, durante uma cerimónia realizada no Memorial António Agostinho Neto(MAAN).