Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

13 Fevereiro de 2018 | 18h05 - Actualizado em 13 Fevereiro de 2018 | 18h35

União Geração Sagrada abre luta na classe A

Luanda - Com 250 integrantes e uma mensagem que chama a atenção para a necessidade do pagamento dos impostos, o União Geração Sagrada, do distrito Urbano do Rangel, faz-se a pista da Nova Marginal, abrindo a luta pelo título na classe A.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

União Geração Sagrada

Foto: Pedro Parente

Sob o comando de Domingas Ferreira, o colectivo ginga na Nova Marginal ao ritmo do semba, com a música Ngandu (jacaré).

Fundado a 1 de Janeiro de 2000, o grupo tem como rainha Antónia Fereira, rei Armando Lourenço.

Assuntos Angola   Carnaval  

Leia também
  • 19/03/2018 15:55:03

    Ismael Mateus volta às bancas com Paixões e Desencantos

    Luanda - "Paixões e Desencantos" é o novo rebento literário de Ismael Mateus, que será colocado ao dispor dos leitores nesta quarta-feira, 21, sob a chancela da Tamoda Editora.

  • 17/03/2018 15:27:18

    Historiadora convida jornalistas a apostarem na investigação

    Luanda - A historiadora angolana Rosa Cruz e Silva apelou neste sábado, em Luanda, aos jornalistas a apostarem na formação e investigação, a fim de produzirem conteúdos culturais de maior profundidade e alcance social.

  • 17/03/2018 08:00:03

    Apelo da ministra da Cultura aos agentes culturais marca semana

    Luanda - O apelo da ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, para que os agentes culturais apostem no espírito criativo e patriótico para a valorização, preservação e divulgação da cultura nacional marcou a semana de educação e cultura que hoje, sábado, termina.

  • 15/03/2018 17:26:56

    Igrejas devem focar-se no apoio às comunidades mais vulneráveis - ministra da Cultura

    Luanda - A igreja, como parceira do Estado, deve focar a sua acção nos domínios da educação, saúde e acção social, apoiando as comunidades onde estão implementadas, como forma de ajuda-las a mitigar alguns dos problemas que enfrentam e promover a sua inclusão social afirmou nesta quinta-feira, em Luanda, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.