Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

12 Junho de 2018 | 22h08 - Actualizado em 12 Junho de 2018 | 22h08

Ministério da Cultura quer protecção da comunidade Khoisan no Cuando Cubango

Menongue - O Ministério da Cultura vai promover um levantamento sobre a situação da comunidade Khoisan no Cuando Cubango como forma de ajudar na preservação dos seus valores e reintegração social, adiantou nesta terça-feira, em Menongue, a directora Nacional das Comunidades e Instituições do Poder Tradicional, Rosa Melo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, no quadro de uma visita da ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, à comunidade localizada na aldeia do Nbumdo, a responsável afirmou que o ministério pretende, com o estudo em causa, recolher dados que possam ajudar no enquadramento dos membros da comunidade, na sua protecção e na divulgação dos seus hábitos e costumes.

Por se tratar de uma comunidade (composta por 134 membros) em risco de desaparecimento, Rosa Melo realça que deverá ser feito um árduo trabalho para manter viva a história deste povo.

Rosa Melo adianta que a intenção é trazer a público informações necessárias e essenciais que contribuam para o conhecimento geral sobre o modo vivendi da comunidade Khoisan no Cuando Cubango.

Durante o contacto entre a delegação do ministério e os membros da comunidade foram apresentadas algumas inquietações ligadas, essencialmente, a falta de medicamentos no centro médico, água e material escolar para apoiar as crianças que frequentam aulas na escola construída pelo governo local, no quadro do reassentamento da comunidade.

O mosaico cultural do Cu­ando Cubango é bastante vasto e rico, tendo em conta a variedade étnica existente que, no total, estão subdivididos em sete.

Estudos apontam os Khoisan como os primeiros habitantes a habitar o território de Angola. Geralmente, levam uma vida nómada, embora esteja a surgir a tendência de se fixarem num local. Ainda segundo os referidos estudos, a população deste grupo étnico encontra-se reduzida a cerca de três mil e quinhentas pessoas em Angola, totalizando cerca de 100 mil em toda a África Austral.

A jornada de trabalho da ministra da Cultura inscreve, para quarta-feira, uma visita ao município do Cuchi e um encontro com os agentes culturais e autoridades tradicionais.

Leia também
  • 31/01/2019 00:03:29

    Encerradas 27 igrejas por funcionarem à margem da lei

    Menongue - Vinte e sete igrejas, das quais 26 em Menongue, capital do Cuando Cubango, e uma no município do Calai, que praticavam a sua actividade à margem da lei, foram encerradas no quadro da Operativo Resgate.

  • 22/01/2019 11:16:54

    Grupos com menos de 30 integrantes fora do carnaval/2019

    Menongue - Os grupos com menos de 30 integrantes estão impedidos de participar no desfile do carnaval deste ano na província do Cuando Cubango, informou esta terça-feira, à Angop, o chefe de departamento de Arte e Património Histórico do gabinete provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos, Pedro Amaral.

  • 22/01/2019 02:04:13

    Autoridades encerram vinte e seis igrejas ilegais

    Menongue - Vinte e seis igrejas ilegais que exerciam a actividade nos municípios de Menongue e Calai foram encerradas pelas autoridades da província do Cuando Cubango, nos últimos dias, no âmbito da operação resgate que teve início em Novembro de 2018.

  • 08/01/2019 16:24:21

    Responsável exorta à população esforço para resgate de valores

    Menongue - A população da província do Cuando Cubango foi exortada hoje, terça-feira, na cidade do Luena, pela vice-governadora para o sector Político, Social e Económico da circunscrição, Sara Mateus, para esforçar-se mais no sentido de resgatar-se os valores culturais, cívico e morais.