Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

02 Fevereiro de 2019 | 02h11 - Actualizado em 02 Fevereiro de 2019 | 08h45

Resenha Cultural: Apresentação da Bienal de Paz de Luanda marca semana

Luanda - A apresentação pública da primeira edição da Bienal de Paz de Luanda - Fórum Pan-Africano da Cultura da Paz em África, a acontecer entre 18 a 22 de Setembro deste ano, com a participação de 12 países, marcou a semana que hoje, sábado, termina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa co-organização entre o Governo Angolano, através do Ministério da Cultura, e a Organização das Nações Unidas para a Ciência, Educação e Cultura (UNESCO), o evento visa envolver os países africanos numa corrente destinada à promoção de uma cultura de paz, de harmonia e de irmandade entre os povos através de actividades e manifestações culturais e cívicas, com a integração das elites africanas e representantes da sociedade civil, autoridades tradicionais e religiosas, assim como intelectuais, artistas e desportistas.

Ao longo da semana, mereceu também destaque noticioso a preocupação manifestada pelo escritor Pepetela face ao encerramento de livrarias no país, por dificuldades na aquisição de livros no exterior.

O escritor, que falava no final de um encontro sobre literatura designado “ Textualidade  “  realizado no Memorial António Agostinho Neto (MAAN), disse  que o encerramento  de livrarias como a Lello e a Mestria empobreceram o mercado de vendas e, sobretudo, as bibliotecas pessoais.

O  anúncio da não participação de Angola na Bienal de Veneza 2019  destacou-se, igualmente, no noticiário cultual no decorrer da semana.

O Ministério da Cultura avançou que, apesar de ter manifestado o seu interesse em participar na 58.ª edição da Exposição Internacional de Arte - Bienal de Veneza 2019, em Itália, não foram reunidas as condições e garantias para a participação do país neste evento.

Num comunicado de imprensa, o departamento ministerial adianta que razões de ordem conjuntural ditaram a redefinição dos orçamentos e prioridades para o sector da cultura ao nível nacional.

Durante a semana, fez também manchete na midia cultural o anúncio das duplas escolhidas para a 2ª temporada de "Duetos N'Avenida" O evento tem início a 23 de Fevereiro próximo com os músicos Euclides da Lomba e Gabriel Tchiema.

Pelo palco da Casa 70, local do evento, passarão ainda as duplas Dom Kikas e Walter Ananás, a 29 de Março, Yola Semedo e Pérola, no dia 27 de Abril, e a fechar, a 29 de Junho, Ary e Kyaku Kyadaff.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 01/02/2019 12:19:24

    Bienal de Paz de Luanda marcada para Setembro

    Luanda - A primeira edição da Bienal de Paz de Luanda - Fórum Pan-Africano da Cultura da Paz em África acontece entre 18 a 22 de Setembro deste ano, com a participação de 12 países.

  • 29/01/2019 18:55:43

    Angola declina participação na Bienal de Veneza 2019

    Luanda - O Ministério da Cultura avançou, nesta terça-feira, em Luanda, que, apesar de ter manifestado o seu interesse em participar na 58.ª edição da Exposição Internacional de Arte - Bienal de Veneza 2019, em Itália, não foram reunidas as condições e garantias para a participação do país neste evento.

  • 26/01/2019 02:11:03

    Resenha Cultural: Apelo da ministra para participação dos mecenas marca semana

    Luanda - O apelo lançado pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, depois da aprovação do regulamento da Lei do Mecenato pelo Conselho de Ministros, para uma intervenção mais activa dos mecenas na valorização, preservação e divulgação da cultura nacional dentro e fora de portas marcou a semana que, hoje, sábado, termina.