Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

12 Fevereiro de 2019 | 18h45 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2019 | 18h44

Benguela acolhe 7ª edição da feira "Fevereiro do Amor" com mais de dois mil exemplares expostos

Benguela - A sétima edição da feira do livro denominada "Fevereiro do Amor", com a exposição de mais de dois mil e 200 exemplares de vários autores, dedicados ao amor, caridade, paz e compreensão no seio familiar, foi aberta hoje, terça-feira, na província de Benguela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Feira do livro (arquivo)

Foto: Cedida

Segundo Graciano Catumbela, promotor da feira que termina a 14 do corrente, a ideia de realização do evento surgiu do facto dos relacionamentos interpessoais, com destaque para os conjugais, andarem “adoentados”, com muitas pessoas a preocuparem-se mais com o lado material, daí resolverem exaltar a afectividade destacada em muitas das obras.

“Sabemos que neste dia (14 de Fevereiro) as pessoas procuram oferecer bens materiais, nomeadamente carros, relógios, motorizadas, quadros, entre outros bens e, tendo em conta o princípio segundo o qual “quem lê um livro nunca mais será a mesma pessoa”, os organizadores resolveram trazer aos cidadãos, no dia dedicado a São Valentim, a possibilidade de obterem um livro que pode mudar as suas condutas e das famílias”, frisou.

Acrescentou que as mensagens implícitas nos livros podem ajudar pessoas de várias idades a adoptarem condutas exemplares, tanto no período de namoro ou mesmo vivendo já em comunhão familiar.

Graciano Catumbela adiantou que na presente edição da feira decidiu-se aliar o artesanato à literatura, para dar possibilidade de se unir o “útil ao agradável”, podendo os interessados adquirirem algumas peças do seu interesse.

Entre as editoras representadas, realce para a ”Texto editora”, “Edições Jean Piaget”, “Acácia Editora”, além de autores locais.

O promotor disse que, por se tratar de um período que coincide com o início de aulas, além do romantismo, os feirantes colocaram à disposição do público alguns livros académicos, mormente os referentes ao direito, pedagogia, história, língua portuguesa, dentre outros, com realce para o livro de Donald Trump “Pense como um campeão” e de obras de Pepetela.

Destacou as obras “Aliança matrimonial – Segredos para manter a felicidade no lar, de Engrácia Cunha Rodrigues (natural de Benguela), “Casamento blindado”, de Renato Cristiano, e “ O poder da mulher que ora”, ou ainda a “Arte da sedução”, como auxiliadoras na união entre os casais, estando a ser comercializadas entre Akz 200,00 a 15.000,00.   

Entretanto, participantes na 7ª feira do livro, edição 2019, destacaram a sua importância e os efeitos multiplicadores na sociedade.

Segundo João Angelino, da província do Huambo, é importante que os casais nutram o hábito de oferecer livros aos parceiros, pois, estes fazem crescer por dentro.

Referiu que participa deste evento como escritor e expositor, expondo obras como “Desenvolvimento pessoal”, “O candidato”, “Amuletos e outras paranóias” e “Desenvolvimento pessoal” e “Coaching aplicado ao processo de educação e instrução”.

Frisou que trouxe a Benguela 200 exemplares dos referidos títulos, que espera esgotar nestes três dias de certame, apesar de, neste primeiro dia, ter vendido apenas um livro.

À Angop o representante da editora Acácias, da província de Luanda, Isaac Teca, salientou que a empresa tem uma política de estímulo e promoção do hábito de leitura, principalmente para a faixa etária mais jovem e considerou a participação no evento de oportuna.

Já o jovem João Marcelino, de31 anos de idade, que adquiriu nesta última editora três obras, nomeadamente o Guia prático de educação financeira, Comece o seu negócio com o pé direito e o Banco de ideias, ligadas ao empreendedorismo, referiu que vai ficar com os exemplares porque estão ligados a sua área de trabalho, uma vez que está formado em contabilidade e auditoria.

Apelou aos que ainda não visitaram o recinto que o façam, porque, do seu ponto de vista, além dos livros há outros presentes expostos no recinto que podem corresponder de modo marcante às “exigências” do Dia dos Namorados (14 de Fevereiro).

Leia também
  • 11/02/2019 19:35:39

    Falta de patrocínios dificulta preparativos para Carnaval no Lobito

    Lobito - Grupos carnavalescos da cidade do Lobito, na província de Benguela, queixaram-se, nesta segunda-feira, de estarem a enfrentar constrangimentos na preparação para o desfile do Entrudo, no dia 05 de Março próximo, devido à falta de patrocínios, apurou a Angop.

  • 09/02/2019 09:40:56

    Engrácia Rodrigues lança obra "Geração Y, a vida é urgente"

    Benguela - A escritora angolana Engrácia da Cunha Rodrigues lançou nesta sexta-feira, em Benguela, a sua obra motivacional intitulada ?Geração Y, a vida é urgente?, que visa estimular o empreendedorismo e cultivar talentos no seio infanto-juvenil.

  • 08/02/2019 17:23:14

    Grupos intensificam ensaios na Ganda para participação condigna no Carnaval

    Ganda - Dezoito grupos carnavalescos inscritos nas classes infantil e de adultos intensificam os ensaios com vista a uma participação condigna na edição 2019 do entrudo, no município da Ganda, província de Benguela, cujo desfile está aprazado para os dias 22 e 23 deste mês.