Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

18 Abril de 2019 | 18h23 - Actualizado em 18 Abril de 2019 | 18h23

Huíla e Namibe clamam pela reabilitação dos monumentos

Luanda - As províncias da Huíla e do Namibe clamam pela reabilitação dos monumentos e sítios, como forma de contribuir na preservação e divulgação da história cultural local, de acordo com apelos feitos pelos responsáveis culturais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Gruta da Humpata

Foto: Morais Silva

Na Huíla, província com 11 monumentos e sítios classificados e 225 inventariados ainda por se classificar, o director da cultura, turismo, juventude desportos, Osvaldo Lunda, aponta como casos a necessitar de uma intervenção urgente a Tundavala, o Cristo Rei, Sé Catedral e a antiga Estação do CFM.

No entanto, apesar desta situação, o responsável manifesta satisfação pelo facto de mesmo degradados têm recebido inúmeras visitas, lamentando somente a não fixação, até ao momento, de uma taxa a cobrar por cada visitante.

Adianta ter sido já remetido ao Ministério das Finanças uma autorização para a cobrança de uma taxa aos visitantes, como forma de garantir a arrecadação de receitas.

 “O objectivo é que sempre que se visite um monumento se pague uma taxa, valor que deve ser usado para a manutenção das mesmas. Sem aprovação não podemos fazê-lo”, sublinhou a fonte.

Já no Namibe, o chefe do departamento da cultura  do município de Moçâmedes, Aurélio Ngulawa,  apelou aos  estudantes, professores  e a população em geral a conservação  e preservação  dos  património cultural  e monumentos e sítios, por serem transmissores da  história local.

Salientou que a  preservação do património histórico cultural  é  um desafio universal  e constitui uma preocupação  de todo mundo, a julgar pela antiguidade.

A direcção da cultura controla oito monumentos históricos classificados, sendo a Fortaleza de  Kapambombe,  Fortaleza da S, Fernando, o palácio do governo, a igreja de Santo Adrião,  as Pinturas de Tchitunduhulu, as instalações das alfandegas , entre outros.

Leia também
  • 17/04/2019 13:11:29

    Assinala-se quinta-feira o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

    Luanda - Assinala-se, quinta-feira, 18 de Abril, o Dia Internacional de Monumentos e Sítios, instituído pela Unesco em 1983, com o objectivo de sensibilizar os Estados membros a diversificar, proteger e conservar o património cultural.

  • 03/04/2019 16:30:55

    Huíla quer resgatar gosto pela literatura infantil

    Lubango - A província da Huíla precisa dinamizar a produção literária para, através da literatura infantil, incentivar o gosto pela leitura entre as crianças.

  • 31/03/2019 05:51:07

    Huíla: Quotidiano dos SAN retratado em livro

    Lubango - O docente universitário Salvador Ferreira lançou este sábado, no Lubango, uma obra de investigação intitulada "Quotidiano SAN", de carácter académico, que retrata as vivências, do passado e do presente, da comunidade vulgarmente chamada de "khoisan".