Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

08 Outubro de 2019 | 21h24 - Actualizado em 09 Outubro de 2019 | 07h27

Don Sebas Cassule expõe Memórias de Viagens Geográficas

Luanda - O artista plástico Don Sebas Cassuele expõe, desde esta terça-feira, "Memórias de Viagens Geográfica de Afectos Statement", no Centro Cultural Português, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Artista plástico Don Sebas Cassule

Foto: António Escrivão

 A exposição individual apresenta 14 quadros que retratam expressões artísticas, usando pinturas, instalação, fotografia, usando acrílico e colagem sobre contraplacado entre outras.

Segundo Don Sebas Cassule, com esta exposição pretende promover uma reflexão sobre o efeito da transculturalidade, através de experiência e narrativas intimistas, que explicam a influência de artistas africanos na construção de obras de referência europeias e americanas.

O criador faz ainda uma reflexão sobre vários momentos desde que saiu da sua aldeia natal, Camabatela, província do Cuanza Norte, passar por Luanda e ir para os grandes centros a nível da cultura e das artes visuais e plásticas.

Explicou que durante a sua passagem por alguns museus no exterior do país e Angola foi tendo contacto com obras de artistas conceituados de nível mundial.

Relativamente ao estado actual das artes plásticas, ressaltou as dificuldades, sobretudo em espaços para expor, serem reconhecidos e integrados.

Na sua opinião, a sociedade tem valorizado pouco as artes, apontando o facto de em 42 anos de independência não haver no país nenhum museu para exposição de artes.

Don Sebas Cassule, nascido aos 12 de Março de 1968, no município de Camabatela, província do Cuanza Norte, é artista plástico, técnico de aeronáutica e oficial da Força Aérea na reserva.

Membro da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP) e da Associação Internacional de Artes Plásticas L'AIGLE DE NICE, sedeada em Nice, França, é autodidacta.

Tem dois prémios, designadamente “5º Prémio do Conselho Regional PACA “Cidade de Roubion” (França), Segundo Prémio “Convidado de Honra Alexi Mori”, no Grande Prémio Internacional das Artes Plásticas “ L'Aigle de Nice”, na cidade de Nice, França, em 1998.

Em Novembro de 2007, ainda no Grande Prémio Internacional das Artes Plásticas "L'Aigle de Nice", foi laureado com o Prémio de Mérito.

Assuntos Cultura  

Leia também
  • 08/10/2019 14:57:52

    Levarte Teatro estreia peça "O Preço da Pobreza" em Caxito

    Caxito - O grupo Levarte Teatro estreia nesta quarta-feira no Centro Cultural Anil, em Caxito, província do Bengo, a peça "O Preço da Pobreza".

  • 01/10/2019 18:02:49

    Mosaiko lança livro sobre corrupção

    Luena - Um livro que aborda casos de corrupção nos serviços de justiça, saúde e das consequências do garimpo de madeira em seis regiões do país foi apresentado hoje, no Luena, ao público, pelo Instituto para Cidadania "Mosaiko".

  • 28/09/2019 00:22:24

    Anna Joyce e Konde partilham palco no Dueto N'Avenida

    Luanda - Os artistas angolanos Anna Joyce e Konde Martins dividiram nesta sexta-feira, em Luanda, o palco do primeiro show da terceira temporada do projecto Duetos N'Avenida, que acontece de 27 de Setembro a 14 de Dezembro, na Casa70.