Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Agosto de 2017 | 12h24 - Actualizado em 12 Agosto de 2017 | 14h42

Eleições/2017: MPLA quer explorar sector dos transportes

Dundo - O candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço, reafirmou hoje (sábado), na cidade do Dundo (Lunda Norte), a pretensão de continuar a explorar os transportes aéreos, terrestres, ferroviários e marítimos, para o crescimento da economia nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Lunda Norte - Eleições /2017: Candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço

Foto: Pedro Parente

Num comício no Dundo, onde está na condição de candidato do MPLA a Presidente da República, João Lourenço disse que é uma das provas do interesse do desenvolvimento dos transportes a abertura, nesta semana, do aeroporto local, bem como de outras infra-estruturas que visam proporcionar o crescimento económico.

A título de exemplo, referiu que, actualmente, a pista do aeroporto passou de mil 500 metros para dois mil 500 metros, o que permite receber aviões de grande porte, promovendo o desenvolvimento e a circulação de pessoas de bens para a região.

Ao falar para pelo menos 50 mil pessoas, criticou correntes oposicionistas que procuram desvalorizar, criticando o empenho do executivo do MPLA, com base na mentira e na falsidade.

Para João Lourenço, em 15 anos, o executivo do MPLA fez mais do que muitos países que nunca tiveram guerra, destacando a construção de pontes, milhares de quilómetros de estradas e recuperação de caminhos-de-ferro.

"No mesmo espaço de tempo, foram, igualmente, edificadas duas barragens hidroeléctricas, apesar de ainda insuficientes para atender à população e à dinâmica da economia", acrescentou o candidato do MPLA.

João Lorenço considerou que o quadro é melhor que em 2002, por terem sido construídos mais hospitais, estabelecimentos de ensino, entre outras infra-estruturas.

Para as eleições gerais deste ano, a Lunda Norte, pelo número de eleitores registados, 336 mil 692, é a oitava praça eleitoral.

Nas eleições gerais passadas, 2012, o MPLA elegeu cinco deputados na Lunda Norte.

Leia também
  • 18/08/2017 19:05:26

    Eleições/2017: UNITA promete medidas para protecção da criança

    Luanda - A UNITA promete, se vencer as eleições gerais deste mês de Agosto, adoptar medidas que incentivam a paternidade e a maternidade responsáveis e a coesão das famílias.

  • 18/08/2017 19:05:12

    Eleições/2017: Benedito Daniel quer população mais participativa nos Bundas

    Luena - O candidato do Partido de Renovação Social (PRS) a Presidente da República, Benedito Daniel, exortou nesta sexta-feira, no Lumbala Nguimbo, vila sede do município dos Bundas, a população a aderir ao voto no dia 23 de Agosto, para tornar o processo eleitoral mais democrático e participativo.

  • 18/08/2017 19:01:13

    Eleições/2017: Últimos dias da campanha

    Luanda - A campanha para as eleições gerais de quarta-feira próxima, em Angola, entrou hoje na sua fase derradeira, com os actores políticos a denotarem algum desgaste físico e anímico para sustentarem os últimos argumentos das respectivas agendas e estratégias.

  • 18/08/2017 18:54:35

    Eleições/2017: CPE reitera prontidão para pleito no Moxico

    Luena - A Comissão Provincial Eleitoral (CPE) no Moxico tem as condições criadas para a realização das eleições gerais do dia 23 do mês corrente, disse hoje, sexta-feira, no Luena, o presidente desta instituição, Baltazar Agostinho da Costa.