Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Janeiro de 2018 | 22h08 - Actualizado em 10 Janeiro de 2018 | 22h08

Cunene: Desenvolvimento estrutural passa pela desminagem - diz CNIDAH

Ondjiva - O desenvolvimento estrutural e progressivo que se quer nos vários sectores na província do Cunene, passa também pelo exercício de desminagem na garantia da utilidade dos espaços, disse hoje, quarta-feira, em Ondjiva, o oficial da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e Assistência Humanitária (CNIDAH) no Cunene, Mário Satipamba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: Mario Satipamba - Oficial do (CNIDH)

Foto: José Cachiva

Ao falar à Angop sobre o contributo da desminagem no desenvolvimento socio-económico, o responsável frisou que o exercício de desminagem é crucial para o progresso que se quer, pois permite a maior circulação de pessoas e bens, daí aposta do Executivo angolano no programa de desminagem.

Mário Satipamba sublinhou que a desminagem coloca-se como impulso prioritário para o fomento e desenvolvimento da actividade agro-pecuária, pois dá a garantia da segurança na utilidade dos espaços para efeito de cultivo.

De igual modo, com outros projectos como a construção de estradas, pontes, postos de saúde, unidade escolares e outras infra-estruturas socio-económico, necessita numa primeira instância certificação do serviço de desminagem na utilidade dos espaços, disse.

Lembrou que o país conheceu um longo período de conflito armado, daí que a desminagem é um dos passos prioritários para desenvolvimento da agricultura, através da extracção de alguns engenhos explosivos que ainda se encontram no subsolo do território nacional e em particular na província do Cunene.

Segundo dados do CNIDAH no Cunene, em 2017, foram desminados um milhão e 718 mil e 565 metros quadrados a nível da província.

A CNIDAH no Cunene controla actualmente três operadoras de desminagem, concretamente a Brigada das Forças Armadas Angolanas (FAA), o Instituto Nacional de Desminagem (INAD) e a Ong britânica “Halo Trust”.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 06/01/2018 12:55:08

    Polícia prende transgressores na fronteira com a Namibia

    Ondjiva - A Polícia de Guarda Fronteira no Cunene, prendeu nos últimos sete dias , 35 infratores por travessia ilegal na fronteira Angola/Namíbia, menos quatro em relação a igual período anterior, informou neste sábado em Ondjiva, o porta-voz da Polícia Nacional, intendente Nicolau Tuvecalela.

  • 04/01/2018 17:39:46

    País homenageia mártires da repressão colonial

    Luanda - O país homenageou nesta quinta-feira os angolanos assassinados pelo exército colonial português, na Baixa de Cassanje, província de Malanje, a 4 de Janeiro de 1961.

  • 03/01/2018 18:14:56

    Desminados mais de um milhão de metros quadrados no Cunene em 2017

    Ondjiva - Um milhão e 718 mil e 565 metros quadrados foram desminados na província do Cunene, no período de 2017, disse esta quarta-feira, em Ondjiva, o oficial de ligação da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e Assistências humanitárias (CNIDAH), Mário Satipamba.