Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Janeiro de 2018 | 22h08 - Actualizado em 10 Janeiro de 2018 | 22h08

Cunene: Desenvolvimento estrutural passa pela desminagem - diz CNIDAH

Ondjiva - O desenvolvimento estrutural e progressivo que se quer nos vários sectores na província do Cunene, passa também pelo exercício de desminagem na garantia da utilidade dos espaços, disse hoje, quarta-feira, em Ondjiva, o oficial da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e Assistência Humanitária (CNIDAH) no Cunene, Mário Satipamba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: Mario Satipamba - Oficial do (CNIDH)

Foto: José Cachiva

Ao falar à Angop sobre o contributo da desminagem no desenvolvimento socio-económico, o responsável frisou que o exercício de desminagem é crucial para o progresso que se quer, pois permite a maior circulação de pessoas e bens, daí aposta do Executivo angolano no programa de desminagem.

Mário Satipamba sublinhou que a desminagem coloca-se como impulso prioritário para o fomento e desenvolvimento da actividade agro-pecuária, pois dá a garantia da segurança na utilidade dos espaços para efeito de cultivo.

De igual modo, com outros projectos como a construção de estradas, pontes, postos de saúde, unidade escolares e outras infra-estruturas socio-económico, necessita numa primeira instância certificação do serviço de desminagem na utilidade dos espaços, disse.

Lembrou que o país conheceu um longo período de conflito armado, daí que a desminagem é um dos passos prioritários para desenvolvimento da agricultura, através da extracção de alguns engenhos explosivos que ainda se encontram no subsolo do território nacional e em particular na província do Cunene.

Segundo dados do CNIDAH no Cunene, em 2017, foram desminados um milhão e 718 mil e 565 metros quadrados a nível da província.

A CNIDAH no Cunene controla actualmente três operadoras de desminagem, concretamente a Brigada das Forças Armadas Angolanas (FAA), o Instituto Nacional de Desminagem (INAD) e a Ong britânica “Halo Trust”.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 20/03/2018 18:45:24

    Comandante apela combate cerrado à imigração ilegal

    Mbanza Kongo - O comandante provincial do Zaire da Polícia Nacional, Manuel Gouveia, recomendou hoje, terça-feira, em Mbanza Kongo, um combate cerrado à entrada ilegal de estrangeiros no território nacional.

  • 11/03/2018 09:21:59

    Cunene: Registadas 21 violações na fronteira com Namíbia

    Ondjiva - Vinte e uma violações do perímetro fronteiriço entre a província do Cunene e a República da Namíbia, foram registadas no decorrer da semana finda, pela Polícia de Guarda Fronteira, representando mais uma ocorrência em relação a igual período homólogo.

  • 11/03/2018 09:06:36

    Cunene: JMPLA apela para reforço dos valores morais e cívicos

    Ondjiva - O primeiro secretário da JMPLA, na província do Cunene, Crispiniano Vivaldino dos Santos, apelou neste sabado, em Ombala- yo- Mungo, aos jovens filiados na organização a envolverem-se nas acções educativas , para contribuir no reforço dos valores, morais, cívicos e patrióticos.

  • 10/03/2018 11:04:00

    Cunene: JMPLA realiza jornada patriótica em Ombala-yo-Mungo

    Ondjiva - Membros do secretariado da JMPLA na província do Cunene, participam hoje, sábado, na comuna de Ombala-yo-Mungo, município de Ombadja, numa jornada política e patriótica, com objectivo de avaliar o nível de organização das estruturas de base.