Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Junho de 2018 | 19h11 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 19h10

Angola debate extradição e auxílio judiciário mútuo na SADC

Luanda - Uma delegação angolana, orientada pelo ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, participa até ao dia 14 do corrente mês no debate sobre à extradição e auxílio judiciário mútuo em matéria penal na Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos - Francisco Queiroz

Foto: Pedro Parente

O debate decorre na reunião do Comité de Ministros da Justiça e Procuradores Gerais da SADC, iniciada na última segunda-feira (11), na República da África do Sul, segundo uma nota de imprensa do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos chegada nesta quarta-feira à Angop, na capital angolana (Luanda).

Os representantes dos países da SADC abordam, entre outros, os protocolos de extradição e auxílio judiciário mútuo, assim como o estatuto da Organização Regional dos Chefes das Polícias da SADC (SARPCCO) relativo ao protocolo de cooperação nas áreas de política, defesa e segurança.

Em análise estão as respostas dos estados-membros da comunidade sobre o grau de implementação dos protocolos e forma de superar as dificuldades encontradas.

Quanto à cooperação nas áreas de política, defesa e segurança, os membros do Comité de Ministros da Justiça e Procuradores Gerais da SADC apreciam um projecto de emenda ao acordo existente.

A SARPCCO é um órgão do Comité Inter-Estatal de Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e serve para promover, reforçar e perpetuar a cooperação e encorajar estratégias conjuntas para a gestão de todas as formas de crimes transfronteiriços, com implicação sub-regional.

Criada em 1980, a SADC congrega as Repúblicas da África do Sul, Angola, Botswana, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Democrática do Congo, as Seicheles, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e o Zimbabué. Se propõe a promover o desenvolvimento e o crescimento económico da região, através da integração regional.

Assuntos Cooperação   Justiça   SADC  

Leia também
  • 06/02/2019 20:09:49

    Itália apoia reabilitação do hospital Divina Providência

    Luanda - O Hospital Divina Providência vai beneficiar de obras de reabilitação e ampliação, anunciou esta quarta-feira, em Luanda, o Presidente italiano, Sergio Mattarella, no término da sua visita à instituição.

  • 06/02/2019 19:42:52

    Audição de Norberto Garcia só na quinta-feira

    Luanda - Ao contrário do que se previa para hoje (quarta-feira), o interrogatório do réu Norberto Garcia foi adiado para quinta-feira, último dia da semana da audição no caso “Burla Tailandesa”, devido ao alongamento do tempo das discussões e audição desta quarta-feira.

  • 06/02/2019 19:32:06

    Réus do caso "Burla Tailandesa" reafirmam confiança em advogado

    Luanda - Os réus tailandeses Raveeroj Ritchoteanan, Manin Wanitchanon e Theera Buapeng e a angolana Celeste de Brito, arrolados no processo da "Burla Tailandesa", decidiram hoje (quarta-feira) manter o advogado Carlos Salumbongo, que estava a ser acusado de conflitos de interesse, pelo seu colega Sérgio Raimundo.

  • 06/02/2019 19:05:56

    Angola e Itália incrementam cooperação

    Luanda - Um Memorando de Entendimento, que visa reforçar a cooperação económica entre Angola e a Itália, foi rubricado esta quarta-feira, em Luanda, pelo Ministério das Finanças e pela Cassa Depositi e Prestiti, uma instituição financeira daquele país europeu.