Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Junho de 2018 | 13h28 - Actualizado em 11 Junho de 2018 | 13h26

FNLA confirma congresso extraordinário para Junho

Luanda - A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) confirmou para este mês (Junho) a realização do seu II Congresso Extraordinário, de 25 a 28, na província do Huambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No congresso “a  FNLA  definirá a sua posição sobre a problemática da realização das eleições autárquicas em Angola", afirmou nesta segunda-feira o porta-voz daquele partido Jerónimo Makano.

Na conferência de imprensa sobre a preparação do conclave, o porta-voz da direcção da FNLA reconhecida pelo Tribunal Constitucional, disse que o evento resulta das recomendações do congresso ordinário realizado em Fevereiro de 2015.

O congresso de 2015 teve como finalidade definir novas estratégias do partido para futuros desafios.

Sobre o congresso deste mês, Jerónimo Makano afirmou que o evento visa também a rectificação e análise de documentos pontuais relacionados, bem como tomar uma posição sobre as eleições autárquicas marcadas para o ano de 2020.

No quadro do congresso, a realizar-se na província do Huambo, explicou que foram realizadas, em Maio último, nas 18 províncias do país, as assembleias preparatórias para o apuramento dos delegados, num universo de 602.

Questionado sobre a unidade no partido, Jerónimo Makano disse que a FNLA não tem alas. “O que está haver é uma má interpretação da funcionalidade e das suas estruturas”.

Conhecido como o "partido dos irmãos", a FNLA foi fundada em 1961 por Holden Roberto, mas há vários anos vive mergulhada numa crise interna, tendo obtido 0,13% dos votos nas eleições gerais de 2017, em que elegeu um deputado à Assembleia Nacional.

Lucas Ngonda foi confirmado presidente da FNLA em 2012, pelo Tribunal Constitucional, depois de divergências com uma ala liderada por Ngola Kabangu.

Em 2015, Lucas Ngonda foi eleito para um novo mandato, no quarto congresso ordinário da FNLA.

Assuntos FNLA   Política  

Leia também
  • 05/02/2019 20:51:37

    Norberto Garcia é interrogado na quarta-feira

    Luanda - O réu Norberto Garcia, antigo director da Unidade Técnica para Investimento Privado (UTIP), vai ser interrogado esta quarta-feira durante a 9ª sessão de julgamento da Burla Tailandesa que decorre na 1ª Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

  • 05/02/2019 05:43:18

    Pinda Simão enaltece sacrifício dos nacionalistas

    Uíge - O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, enalteceu o empenho dos heróis de 04 de Fevereiro, que deram à sua vida e consentiram sacrifícios para o alcance da independência nacional.

  • 05/02/2019 00:46:39

    Município de Camacupa ganha novas infraestruturas sociais

    Camacupa - A população do município de Camacupa, província do Bié, ganhou novas infra-estruturas sociais, inauguradas segunda-feira no quadro das celebrações do Dia do início da Luta Armada.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.