Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Junho de 2018 | 16h26 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 16h25

Minint abre inquérito para apurar razões de assassinato em prisão do Lubango

Lubango - A delegação provincial do Ministério do Interior (Minint) na Huíla abriu, terça-feira, um inquérito interno na Penitenciária do Lubango a fim de averiguar as razões que levaram ao assassinato de uma bebé, de 15 dias de vida, praticado por uma reclusa, colega de cela da mãe da vítima, domingo último.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo a um comunicado de imprensa que à Angop teve acesso hoje, quarta-feira, no Lubango, o procedimento criminal foi presente ao Ministério Público.

A reclusa agressora, de 19 anos de idade, responde nesta altura por duplo crime de homicídio voluntário, pela morte referida criança e por outro pelo qual esta detida desde 19 de Fevereiro do ano em curso.

De acordo ainda com as autoridades policiais, já foi feita uma avaliação do equilíbrio mental da agressora, submetida a duas consultas psiquiátricas no hospital da especialidade do Lubango e no Militar da Região Sul.

De igual modo, foi feita outra com a reclusa mãe da vítima e sua família, para controlo de seu estado psíquico-emocional, que continuaram a ser acompanhadas por psicólogos penitenciários, uma vez que o seu esposo também se encontra detido na referida instituição prisional.

O funeral da menor aconteceu terça-feira.

A delegação provincial do Ministério do Interior na Huíla deplora o acto e afirma que tudo fará para que situações análogas não voltem a acontecer.

O crime aconteceu pelas sete horas numa das celas da Penitenciária do Lubango, quando a mãe da vítima encontrava-se na casa de banho, tendo a acusada aproveitando-se do momento e agarrou no bebé pelas pernas, embateu repetidas vezes contra um dos ferros da cama e por fim atirou-o no chão, sem razão aparente.

Leia também
  • 10/06/2018 17:34:58

    Huíla tem novo secretário da Unita

    Jamba - Augusto Samuel é o novo secretário provincial da Unita na Huíla em substituição de Alcibíades Kopumi, que desempenhou estas funções em três anos.

  • 10/06/2018 13:53:07

    "Moçambique não é exemplo de autarquias", diz Isaías Samakuva

    Jamba - A realização das autarquias de forma territorial é a única via de se promover o desenvolvimento equilibrado dos municípios, pelo que Angola deve descartar o exemplo de Moçambique, que optou pelo gradualismo e 25 anos depois não conheceram avanços, considerou, sábado, na Jamba o presidente da UNITA, Isaías Samakuva.

  • 08/06/2018 18:59:42

    Ministro destaca importância do enriquecimento do pacote legislativo autárquico

    Lubango - O ministério da Administração do Território e Reforma do Estado definiu como factor fundamental para a implementação das autarquias a audição dos cidadãos, pelo que defende a participação de todos no enriquecimento do pacote legislativo afim, disse hoje, no Lubango, Huíla, o ministro Adão de Almeida.