Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Junho de 2018 | 02h46 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 08h21

SIC esclarece mais de 600 crimes em cinco meses

Menongue - Pelo menos 653 crimes diversos foram esclarecidos, com a colaboração da população, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no Cuando Cubango, de Janeiro a Maio do ano em curso, menos 270 em relação ao período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paulo Dias de Novais - Porta-voz provincial do SIC - Arquivo

Foto: Armândio Morais

Os dados foram apresentados esta terça-feira, em Menongue, pelo porta-voz provincial do SIC, Paulo Dias de Novais, durante uma visita do procurador-geral adjunto da República, Celestino Paulo Benguela, às instalações deste órgão.

Segundo o oficial, os crimes fazem parte dos mil e 326 registados durante os cinco meses em referência, mais 215 em comparação com o período anterior, que resultaram em 603 detidos de ambos os sexos.

Foram ainda esclarecidos 477 delitos através de iniciativas operativas com 173 detidos e 196 com autoria desconhecida, mais oito dos quais 102 de furtos diversos, 41 de roubo de diversos artigos, 13 de ofensas corporais voluntárias, 10 por roubo de veículos, cinco por tentativa de furto, entre outros actos.

Também foram realizadas 92 micro-operações, consubstanciadas em 136 buscas em diversos bairros da cidade de Menongue, que culminaram com o desmantelamento de oito grupos de supostos marginais.

Na sequência das operações, avançou, foram esclarecidos 36 casos antes com autoria desconhecida e a detenção de 50 cidadãos, bem como o destaque do registo de 63 crimes violentos com o esclarecimento de 61 casos e a detenção de 58 cidadãos, a par de encontrar-se ainda pendentes cinco casos.

Além de visitar as instalações do Serviço de Investigação Criminal, o procurador-geral adjunto da República, visitou também, nesta terça-feira, o Comando da V Divisão das Forças Armadas Angolanas (FAA), a Justiça Militar, as cadeias da V Divisão e as antigas cadeias de repreensão colonial, situadas na comuna do Missombo, a 18 quilómetros da cidade de Menongue.

Para esta quarta-feira (13) está prevista uma deslocação ao município do Cuchi, a 94 quilómetros a Oeste de Menongue, e na quinta-feira (14) uma outra na sede municipal do Cuito Cuanavale, a 189 quilómetros a leste da capital do Cuando Cubango, Menongue.

Leia também
  • 01/11/2018 20:11:43

    Cunene acolhe acto nacional do 11 de Novembro

    Ondjiva - A cidade de Ondjiva, sede capital da província do Cunene, acolhe o acto central do 43ª aniversário da independência nacional, a assinalar no próximo dia 11 de Novembro.

  • 27/10/2018 18:13:19

    Delegado recomenda disciplina e unidade aos efectivos do Interior

    Ondjiva - O delegado do Interior na província do Cunene, Tito Munana, recomendou aos efectivos do interior e da polícia para pautarem pela disciplina, coesão e unidade, no exercício de missões que visam a ordem e tranquilidade pública.

  • 23/10/2018 15:02:51

    Decorre campanha de ingresso no MPLA

    Menongue - Pelo menos cinquenta e sete cidadãos ingressaram, na última segunda-feira, nas estruturas do MPLA na comuna do Dumbo, província do Cuando Cubango.

  • 22/10/2018 16:13:35

    Operações do Governo devem ser bem fiscalizadas pelo Parlamento

    Luanda - A Assembleia Nacional (AN) precisa fazer um acompanhamento mais próximo das operações financeiras do Governo, além de se basear apenas nas informações fornecidas pelo Ministério das Finanças, defendeu hoje, segunda-feira, o deputado Joaquim David.