Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Outubro de 2018 | 17h13 - Actualizado em 09 Outubro de 2018 | 12h22

Angola pede apoio americano para repatriar capitais

Luanda - A Assembleia Nacional pediu nesta segunda-feira a cooperação do congresso norte-americano para o repatriamento de capitais, transferidos ilegalmente de Angola para o exterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sede da Assembleia Nacional (arquivo)

Foto: Francisco Miudo

O pedido foi formulado hoje (segunda-feira) pela presidente da Comissão de Relações Exteriores, Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas no Exterior, Josefina Diakite, numa reunião com congressistas norte-americanos que desde domingo (07) estão em Angola para uma vista de 24 horas.

Em Dezembro de 2017, o Presidente da República, João Lourenço aconselhou aos angolanos que têm fortunas no exterior do país repatriarem esse capital para investirem no país, sob pena de verem o dinheiro confiscado para o Estado angolano.

Depois da manifestação do interesse comum do reforço da cooperação entre os órgãos legislativos dos dois países, Josefina Diakité informou que o país enceta reformas concretas desde a chegada de João Lourenço a Presidente da República em Setembro do ano passado.

Destacou um conjunto de medidas visando o reforço das instituições do Estado, o sistema democrático e o desenvolvimento económico do país.

A presidente da  terceira comissão da Assembleia Nacional falou do trabalho em curso para a diversificação da economia, dando maior preponderância à agricultura, indústria, pesca e uma maior abertura ao investimento privado.

Disse que Angola está a combater a corrupção, nepotismo e a impunidade, bem como a promove a transparência na gestão pública, visando moralizar a sociedade.

Os congressistas norte-americanos foram ainda informados da preparação das eleições autárquicas previstas para 2020.

A congressista Elisabeth Esty manifestou satisfeita com as reformas em Angola, tendo considerado positivos os exemplos que vêem da actual liderança do país.

O congressista Todd Rokita, que “capitaneou” o grupo no evento, reafirmou a abertura para o reforço da cooperação com o parlamento angolano.

Nesta segunda-feira, a delegação norte-americana reuniu-se também com o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, numa altura em que o Presidente da República, João Lourenço efectua uma visita de Estado à China.

Assuntos Angola   Parlamento  

Leia também
  • 06/02/2019 03:02:01

    Presidente italiano inicia programa de visita a Angola

    Luanda - O Presidente da Itália, Sergio Mattarella, inicia hoje, quarta-feira, o programa de visita a Angola com um encontro à porta fechada como o seu homólogo angolano, João Lourenço.

  • 06/02/2019 00:00:51

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 05/02/2019 19:46:38

    Minint considera falso "tráfico de órgãos" no Cunene

    Luanda - O Ministério do Interior (Minint) considerou falsas as informações divulgadas nas redes sociais sobre eventuais casos de tráfico de órgãos humanos na província do Cunene e reafirma que manterá a segurança dos cidadãos, bem como um combate cerrado a eventuais marginais.

  • 05/02/2019 18:57:24

    Íntegra da declaração do Presidente da República

    Luanda - Íntegra da declaração pronunciado nesta terça-feira, em Luanda, pelo Presidente da República, João Lourenço, na abertura da conferência de imprensa conjunta, por ocasião da visita oficial e de trabalho do homólogo Félix Tshisekedi, da República Democrática do Congo.