Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

03 Abril de 2019 | 19h31 - Actualizado em 03 Abril de 2019 | 19h30

Recuperação de infra-estruturas e fortalecimento da democracia entre os ganhos da paz

Ganda - A livre circulação de pessoas e bens, recuperação de infra-estruturas socioeconómicas destruídas pelo conflito armado e o fortalecimento do Estado de direito, foram apontados por políticos e académicos no município da Ganda (Benguela), como os principais ganhos dos 17 anos de conquista da paz efectiva no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Cidade da Ganda

Foto: Agostinho Isabela

Abordados hoje, quarta-feira, pela Angop, por ocasião do Dia da Paz, a assinalar-se a 4 de Abril, os entrevistados foram unânimes em afirmar que a paz constitui um elemento fundamental para a vida dos cidadãos, cujos indicadores apontam para muitas mudanças operadas no desenvolvimento sócio-económico do município da Ganda.

Para o académico Celestino Chipepe, passados 17 anos de paz, um dos maiores ganhos foi a recuperação do Caminho de Ferro de Benguela, que atravessa a Ganda, dando assim maior oportunidade aos munícipes na sua circulação e transporte de mercadorias.

Referiu que, nesse período, construiu-se blocos administrativos em todas as comunas, um projecto habitacional com 100 moradias, 10 novas escolas do ensino primário, primeiro e segundo ciclos e oito centros de saúde, tanto na sede como nas comunas.

Celestino Chipepe, que responde também pelo sector da Habitação no município, apontou ainda como de grande importância a recuperação da estrada nacional 260, que liga as províncias de Benguela e do Huambo, via Ganda, bem como as vias secundárias que dão acesso às comunas.

Deu a conhecer que a Ganda beneficiou ainda nesse período de um centro de produção radiofónica, quatro agências bancárias, uma repartição fiscal da Administração Geral Tributaria (AGT), três sistemas de telecomunicações afectos a operadores móveis e fixas, acesso a internet, um repetidor do sinal da Televisão Pública de Angola, silos de conservação de racções e grãos de cereais, asfaltagens de ruas da cidade e recuperação da estação zootécnica da Ganda.

Por seu turno, a professora Francisca Romana enfatizou a entrada em funcionamento neste período de novas escolas, que permitiram a inserção de milhares de cidadãos no sistema de ensino.

Já o político Augusto César destacou como ganhos da paz a construção do Instituto Médio Politécnico e a escola do Magistério Primário (instituição vocacionado na formação de professores), assim como a asfaltagem de cinco quilómetros de ruas da cidade.

“Houve um avanço significativo na recuperação de pontes, pontecos e 75 quilómetros de terraplanagem das vias secundárias que ligam a sede municipal às comunas do Casseque e Chikuma, respectivamente”, disse.

Destacou ainda a solidificação da democracia e a reconciliação nacional como ganhos de grande relevo.

O município da Ganda acolhe nesta quinta-feira (04) o acto político provincial do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional.

Leia também
  • 01/04/2019 20:30:22

    Benguela conta com 2º Tribunal de Comarca

    Benguela - A província de Benguela conta a partir de hoje, segunda-feira, com um segundo Tribunal de Comarca, no âmbito da reforma do sistema judiciário em curso no país, inaugurado pelo juiz presidente do Tribunal Supremo, Rui Ferreira.

  • 27/03/2019 21:12:10

    PRS encoraja governo a prosseguir com combate à corrupção

    Benguela - O secretário provincial do Partido de Renovação Social (PRS) em Benguela, Francisco Chilala, encorajou hoje, quarta-feira, o governo a prosseguir com as acções de combate à corrupção para que os autores sejam responsabilizados criminalmente, devolvendo os bens de que se apossaram indevidamente ao Estado.

  • 21/03/2019 18:39:47

    Vice-presidente da República a caminho de Luanda

    Benguela - o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, deixou já a província de Benguela com destino a Luanda, depois de cumprir uma visita de trabalho de 48 horas nesta circunscrição.