Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

07 Junho de 2018 | 18h32 - Actualizado em 07 Junho de 2018 | 18h11

Governadora quer combater desordenamento do território na província

Caxito - A governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, defendeu hoje, quinta-feira, em Caxito, o combate enérgico do desordenamento do território através de elaboração de planos urbanísticos e outros instrumentos de ordenamento do território complementares a governação.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

GOVERNADORA MARA QUIOSA NO FÓRUM ALARGADO DAS INFRAESTRUTURAS E SERVIÇOS TÉCNICO DA PROVÍNCIA

Foto: Adão João Pedro

A governante fez este pronunciamento no 1º fórum alargado das Infraestruturas e Serviços Técnicos, que decorre de 7 a 8 deste mês, em Caxito, sob o lema “Ordenar e infraestruturar o território para melhor habitar”.

Reconheceu a pertinência do fórum quer no âmbito do ordenamento do território, a elaboração dos diferentes planos com particular ênfase para os planos directores municipais, bem como a divulgação da legislação que rege o ordenamento do território e urbanismo.

Segundo Mara Quiosa não pode haver desenvolvimento e melhoria das condições das populações sem a necessária planificação, estruturação e harmonização de políticas nas diversas vertentes.

Realçou que o sector técnico e de infraestruturas tem uma importância peculiar na estrutura do governo, pois a maior parte das acções deste passam por eles, quer sejam através da implementação dos planos e programas de governação, bem como na manutenção das diversas infraestruturas públicas existentes na província.

Para ela, essas normas e leis devem ser perfeitamente dominadas por todos enquanto servidores públicos com responsabilidade acrescida na província do Bengo.

Pediu a máxima atenção e contribuição dos participantes durante a dissertação de vários painéis que serão apresentados pelos especialistas, colocando as questões necessárias e solicitar os devidos esclarecimentos de eventuais dúvidas para melhor elaboração dos programas, assim como a sua implementação.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também