Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Fevereiro de 2018 | 12h50 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2018 | 08h54

Fometra recolhe doentes mentais para tratamento em Benguela

Benguela - O Fórum de Medicina Tradicional (Fometra) inicia, hoje (sábado), uma campanha de recolha de pessoas com perturbações mentais que deambulam pelas ruas da cidade de Benguela, para serem submetidas a tratamento médico num centro ervanário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

DOENTES MENTAIS " MALUCO "

Foto: ANTÓNIO ESCRIVÃO

Em declarações à Angop, o coordenador do projecto, Abel Moço, garantiu que há um espaço preparado no bairro Dr. Agostinho Neto, arredores da cidade de Benguela, para o internamento e tratamento dos doentes.

O também director provincial do Fometra de Benguela disse que foram identificados, desde Janeiro deste ano, 160 doentes mentais e vão trabalhar no processo de cura dos doentes 10 ervanários.

Com esta iniciativa, explicou, pretende-se recuperar todos os indivíduos que padecem de distúrbios mentais, através de cura com medicamentos naturais a base de ervas.

Nos últimos tempos, notou, regista-se número de indivíduos com problemas mentais, facto que preocupa a sociedade tendo em conta os constrangimentos que estes indivíduos causam ao trânsito e não só.

Apontou o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e o uso de drogas, entre outras questões, como as principais causas deste problema de saúde.

Leia também