Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

11 Julho de 2018 | 12h35 - Actualizado em 11 Julho de 2018 | 12h35

Centro de hemodiálise com 13 novos doentes

Huambo - Treze novos doentes com insuficiência renal estão em tratamento, desde Janeiro deste ano, no centro de hemodiálise do hospital central do Huambo, elevando para 103 o total de assistidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Paciente em hemodiálise

Foto: Angop

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, o enfermeiro chefe do centro, Vidal Augusto Jorge, informou que alguns dos novos doentes apresentam insuficiência renal crónica grave, causada por hiper-tensão arterial, malária, hepatite B e  VIH-SIDA.

Entre os doentes, 59 homens e 44 mulheres, com idades entre os 12 aos 69 anos, alguns são residentes das províncias do Bié, Cuanza - Sul, Cuando - Cubango,  Luanda e Cunene, que periodicamente realizam o tratamento.

Além dos 103, Vidal Augusto Jorge informou que o centro tem atendido, também, doentes em trânsito, por regra são trabalhadores ou visitantes que, durante a sua permanência nesta província, solicitam o tratamento.

Embora a hemodiálise não substitui as funções renais por completo, disse que este tratamento melhora a qualidade de vida dos doentes, lembrando que alguns frequentam o centro desde a sua inauguração, em 2013.

Cada uma das sessões, que ocorre três vezes por semana, demora, segundo o enfermeiro chefe do centro de hemodiálise, quase quatro horas, estando disponíveis, para o efeito, quatro médicos (dois nefrologista e dois clínicos gerais) e 18 enfermeiros.

O centro, que já assistiu 463 doentes, possui 20 máquinas, em três salas, sendo 15 na sala de doentes com patologias diversas, como malária, hiper-tensão arterial e diabetes, duas na sala de hepatite B, uma na sala de hepatite C e duas na sala de VIH-SIDA.

A hemodiálise é um procedimento através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue,  o procedimento retira do organismo resíduos que são prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 01/02/2019 13:11:01

    Hemoterapia do hospital com mais sangue

    Huambo - Vinte e cinco litros de sangue foram doados hoje, sexta-feira, à hemoterapia do hospital central do Huambo, por funcionários do Gabinete local do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários e militares da região centro.

  • 25/01/2019 23:10:09

    Laboratório de microbactéria do sanatório do Huambo paralisado há três anos

    Huambo - O laboratório de cultura e microbactérias do Hospital Sanatório do Huambo encontra-se paralisado há três anos, por falta de reagentes, informou hoje, sexta-feira, nesta cidade, o director daquela unidade hospitalar, Joaquim Isaac.

  • 23/01/2019 21:45:37

    Internada apenas uma gestante dos 194 pacientes por intoxicação alimentar

    Huambo - Apenas uma gestante, dos 194 pacientes que deram entrada esta semana no Hospital Municipal do Huambo, por intoxicação alimentar, continua internada, informou hoje à Angop, o director clinico da referida unidade sanitária, Morais Cacumá.

  • 23/01/2019 13:19:09

    Mortes por tuberculose reduzem no Hospital Sanatório

    Huambo - Os casos de morte por tuberculose no Hospital Sanatório da Província do Huambo diminuíram de 114, em 2017, para 91, em 2018, fruto da intensificação da assistência médica e medicamentosa aos pacientes.