Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Janeiro de 2019 | 14h40 - Actualizado em 19 Janeiro de 2019 | 14h39

Minsa e enfermeiros alcançam consenso negocial

Luanda - Depois de um mês de negociações, o Ministério da Saúde (Minsa) e o Sindicato dos Enfermeiros de Angola (SINDEA) alcançaram consenso, pondo fim à ameaça de greve no sector da saúde.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Minsa enfermeiros em sintonia

Foto: angop

No caderno reivindicativo apresentado pelo sindicato consta, entre outros assuntos, a transição dos profissionais de enfermagem da antiga carreira para actual.

Consta ainda a transição dos auxiliares habilitados com o curso de promoção para as categorias de técnico de enfermagem, a realização de concurso público interno para os técnicos que aumentaram os níveis académicos na área e o aumento salarial.

Para o sucesso das negociações, segundo o director Nacional dos Recurso Humanos do Minsa, Óscar Isalino, pesou o facto de a entidade patronal ter provado à classe de enfermeiros que não haverá redução salarial neste mês de Janeiro, em função da entrada em vigor do novo regime remuneratório.

Satisfeito com o acordo assinado com o Sindea, Óscar Isalino adiantou à Angop que o Executivo, através do Minsa, tudo está a fazer para melhorar as condições de trabalho e salariais da classe.

O novo regime da carreira de enfermagem, que entra em vigor a agora em Janeiro, determina as funções dos profissionais de saúde a nível do país, bem como os deveres e obrigações dos técnicos de enfermagem.

Contempla, na sua estrutura, os escalões de duplos turnos, mas não atende o regulamento dos subsídios e incentivos aplicados aos profissionais de enfermagem, bem como a avaliação de desempenho dos profissionais de enfermagem e dos cargos de direcção e chefia.

Desde a apresentação do caderno reivindicativo, depois da assembleia dos enfermeiros realizada a 5 de Outubro de 2018, as duas partes tiveram vários encontros de concertação e de procura de consenso.

O Sindea tem um total de 23.875 enfermeiros filiados.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/02/2019 14:08:39

    Doenças à espreita nos mercados a céu aberto

    Luanda - Frequentados há mais de 20 anos, os mercados a céu aberto ganharam o "rótulo" de principal ponto de venda de produtos a retalho em Luanda, essencialmente os do ramo alimentar. Todos os dias, atraem milhares de clientes, em busca de diversidade e baixos preços.

  • 18/01/2019 18:12:06

    Candidatos na ordem dos médicos com 10 dias para regularizar processos

    Luanda - A Comissão Nacional Eleitoral da Ordem dos Médicos de Angola deu, nesta sexta-feira, em Luanda, 10 dias aos candidatos a bastonários para regularizar a situação relativa as inscrições da população votante.

  • 16/01/2019 17:04:58

    Mais de 10 mil enfermeiros sem emprego no país

    Luanda - A Ordem dos Enfermeiros de Angola (ORDENFA) informou nesta quarta-feira, em Luanda, que pelo menos 10 mil e 100 profissionais do ramo estão desempregados no país.