Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

13 Julho de 2020 | 22h22 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 22h13

Covid 19: Benguela realiza primeiros 118 testes rápidos

Benguela - Cento e dezoito pessoas em quarentena institucional ou internados em hospitais locais com patologias do foro respiratório realizaram testes rápidos, na província de Benguela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Essa informação foi avançada na noite desta segunda-feira à imprensa pelo director provincial da Saúde, Manuel Cabinda, no final de mais um encontro da comissão provincial de combate a Covid-19.

Manuel Cabinda disse que a província recebeu mil testes rápidos, permitindo, deste modo, o descongestionamento célere dos centros de quarentena locais, onde nesta altura havia perto de 50 pessoas em quarentena institucional, dos quais 40 já tiveram alta durante a semana.

Avançou que, a par disto, se continua a fazer testes rápidos nas pessoas de risco e naquelas que estão em quarentena domiciliar, de modo a controlar possíveis casos reactivos e a situação na província continuar estável.  

“De certa forma, como devem perceber, em função da situação epidemiológica e dos números que temos estado a observar em Luanda, preocupa-nos a circulação que temos estado a ver entre Benguela e Luanda, fundamentalmente de camionistas, o que nos cria alguns problemas no controlo efectivo da situação”, disse.

Para além dos motoristas, também há dificuldades com as pessoas que ainda insistem em violar a cerca sanitária.

Reafirmou o registo de alguns casos de pessoas que têm estado a furar a cerca sanitária de Luanda e, de seguida, fixam-se, sobretudo, nos municípios do interior de Benguela.

Manuel Cabinda disse que a comissão está a trabalhar no limite das suas capacidades para suportar as pessoas em quarentena institucional, envolvendo alimentação diária, desinfecção dos locais e roupas e higiene pessoal.

O responsável acrescentou que outra grande dificuldade era o tempo de permanência das pessoas nesses locais por falta de testes rápidos, situação agora ultrapassada.

Na ocasião, disse que se está a dar início ao apetrechamento de mais uma unidade hospitalar no município da Baía Farta, que servirá de apoio, com capacidade de 120 camas.

O país conta com 525 infectados, 118 recuperados, 381 activos e 26 óbitos.

Leia também
  • 13/07/2020 21:32:50

    Covid 19: Benguela realiza primeiros 118 testes rápidos

    Benguela - Cento e dezoito pessoas, que estavam em quarentena institucional ou internados em hospitais locais, com patologias do foro respiratório, realizaram os primeiros testes rápidos, na província de Benguela, desde a última terça-feira, soube hoje, segunda-feira, a Angop.

  • 05/07/2020 07:20:48

    Comuna da Canjala carece de ambulância

    Lobito - O centro de saúde da comuna da Canjala, 85 quilómetros da cidade do Lobito, província de Benguela, precisa de uma ambulância para o transporte célere de pacientes graves, sobretudo gestantes, para o Hospital Regional na sede do município "ferro-portuário", apurou a ANGOP.

  • 30/06/2020 17:10:19

    Má nutrição severa causa 188 óbitos em cinco meses

    Benguela - Nove mil e 139 casos de má nutrição severa em crianças dos zero aos cinco anos de idade foram registados, de Janeiro a Maio do corrente, na província de Benguela, mais 4.254 em relação ao mesmo período do ano passado, dos quais 188 resultaram em óbitos.