Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

18 Setembro de 2020 | 20h47 - Actualizado em 18 Setembro de 2020 | 20h47

Covid-19: Cuanza Sul com maior taxa de letalidade de Angola

Luanda - Com 20 por cento, a província do Cuanza Sul, umas das 16 com casos de infecção pela Covid-19, possui a maior taxa de letalidade do país, numa lista em que Namibe e Cuando Cuando mantêm-se sem casos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ilustração do COVID-19

Foto: Divulgação

 

A província do Cuanza Sul registou, até à presente data, cinco infecções e um óbito, correspondendo a 20 por cento de mortes registadas causadas pela Covid-19, apenas superado por Luanda, cuja taxa está acima dos 90 por cento.

A taxa de letalidade do país, quando comparada com a mundial que é de 3.2, desceu de 5 para 3.8 por cento, segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que tornou publico os dados durante a actualização dos dados das últimas 24 horas. 

Justificou a diminuição da taxa de letalidade do país com o aumento de casos. “Quando se tem mais caos novos se espera que se dilua a taxa de letalidade”, justificou.

Relativamente a taxa de recuperação, reconheceu que ainda carece de melhorias, situando-se em 35.5 por cento, sendo que já esteve acima dos 40 por cento.

Nesse capítulo, Luanda possui uma taxa de recuperação de 91.4 por cento, seguindo-se o Zaire com 2.9, Cabinda 2.1, Benguela com 1 , Huambo 0.9, as outras com percentual mínimo, enquanto Lunda Norte e Uíge recuperam todos os seus doentes.

 Já Bié, Huambo, Lunda Sul, Malange e Moxico ainda não conseguiram recuperar nenhum doente.

Por província, o quadro de epidemiológico apresenta o Bengo com sete casos e um óbito, Benguela 41 caos e três óbitos, Bié (cinco casos), Cabinda (82 casos), Cunene (quatros casos), Huambo (35 e dois óbitos), Huíla (quatro casos), Cuando Cubango (00), Cuanza Norte (25 e quatro óbitos), Cuanza Sul (cinco casos e um óbito), Luanda (3.519 casos e 139 óbitos, Lunda Norte (um caso), Lunda Sul (um casos), Malanje (um caso), Moxico (três casos), Namibe (00), Uige (um caso), Zaire (114 casos).

A nível nacional o país já conta com 3.848 casos e 147 óbitos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 18/09/2020 19:20:51

    Covid-19: Angola com 59 novas infecções e 38 recuperados

    Luanda- As autoridades sanitárias nacionais registaram, nas últimas 24 horas, 59 novas infecções, três óbitos e 38 pacientes recuperados.

  • 17/09/2020 23:46:44

    Covid-19: Síntese Nacional

    Luanda - O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quinta-feira, um óbito, quatro recuperados e 114 novos pacientes da Covid-19.

  • 17/09/2020 21:07:18

    Covid-19: Saúde regista diminuição de assintomáticos

    Luanda - O número de pacientes assintomáticos da Covid-19 baixou de mais de 80 para 57 por cento, com os doentes a expressarem sinais e sintomas como febre, tosse, dores de cabeça e irritação na garganta.