Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Dezembro de 2017 | 00h20 - Actualizado em 07 Dezembro de 2017 | 07h36

Historiador quer reconhecimento de Simão Toco como nacionalista

Luanda - O historiador Patrício Batsikama defendeu quarta-feira que o profeta Simão Gonçalves Toco seja reconhecido como nacionalista, em função do seu contributo para o alcance da independência de Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar durante à maka à quarta-feira, na União dos Escritores Angolanos, informou que antes do surgimento dos três movimentos de libertação nacional (MPLA, FNLA e UNITA), o profeta Simão Toco já velava pela emancipação ontológica do indivíduo e da sociedade.

Autor da obra “Tokoismo filosofia da libertação”, que narra o percurso histórico de Simão Toco, o historiador sugere que esse livro possa ser usado a partir do ensino primário, como forma de transmitir os vários pontos de vista deste líder para o alcance da independência nacional.

Assuntos Sociedade  

Leia também
  • 21/03/2018 02:01:10

    Huíla: Mais de 40 famílias Recebem apoios

    Lubango - Quarenta e uma famílias desalojadas pelas chuvas no último fim-de-semana no bairro Comercial, município do Lubango, começaram terça-feira, nesta cidade, a receber do governo da Huíla lotes de terra de 600 metros quadrados destinados a auto-construção de residências, na zona da Eywa, no projecto das 200 casas evolutivas.

  • 20/03/2018 22:51:13

    Malanje: Serviço Penitenciáro descarta excesso de prisão preventiva

    Malanje - O director provincial do Serviço Penitenciário, Subcomissário Prisional Chinhama Samuel Jamba, descartou nesta terça-feira a possibilidade de existir casos de excesso de prisão preventiva nos três centros de reclusão existentes na província.

  • 20/03/2018 17:32:51

    Rio Cambongo transborda e deixa casas nos combatentes alagadas

    Sumbe - Moradores do Bairro dos Antigos Combatentes, na periferia da cidade do Sumbe (Cuanza Sul), têm hoje (terça-feira) as suas casas alagadas, devido ao transbordo do rio Cambongo, afectando pelo menos duas mil e cinco mil pressoas.

  • 20/03/2018 15:24:25

    Destacado contributo da sociedade civil na socialização dos reclusos

    Ndalatando - O contributo da sociedade civil na moralização e socialização para a reintegração dos reclusos do Estabelecimento Prisional do Cuanza Norte foi destacado, hoje, terça-feira, em Ndalatando, pelo director da mesma instituição, superintende prisional chefe, José Manuel Teixeira, durante o acto das comemorações do 39º aniversário do órgão.