Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Junho de 2017 | 07h01 - Actualizado em 19 Junho de 2017 | 03h49

Moxico: Pastor adventista desencoraja violência contra pessoa idosa

Luena - O pastor da Igreja Adventista do 7º Dia, Inocêncio Isaac, desencorajou neste domingo, no Luena, província do Moxico, a violência contra a pessoa idosa, por ser um acto desumano e condenável por Deus.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Idosos do Lar Nhakatolo tchissengo

Foto: Kinda Kyungu

Idosos da província do Moxico

Foto: Kinda Kyungu

Em declarações à Angop, na referida cidade, a propósito da situação do idoso, o religioso defendeu que a sociedade precisa encará-los como pessoas que necessitam de carinho, amparo e protecção.

Segundo o pastor, os angolanos, desde a tenra idade, são educados a respeitar os idosos e evitar usar violência, quer física ou verbal, contra os mais velhos, por serem de uma idade indefesa, merecendo o cuidado especial dos mais novos.

Inocêncio Isaac recorreu as “sagradas escrituras” para solidificar o seu apelo ao respeito do idoso, citando o livro de Levítico “ tu te levantarás, reverentemente, diante de uma cabeça com cabelos brancos; honrarás o ancião e tratarás sempre com elevado respeito todas as pessoas idosas”, disse.

Para ele, a advertência significa que ninguém está isento no tratamento digno ao idoso, porque hoje é jovem , mas no futuro será velho.

O Dia Mundial da Consciencialização da Violência contra a Pessoa Idosa foi celebrado a 15 de Junho corrente. A data foi instituída em 2006 pelas Nações Unidas e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, tendo como objetivos refletir numa questão social sensível e acabar com a violência contra a pessoa idosa.

Leia também
  • 18/07/2017 18:16:31

    Huíla: IRSEM reintegra mais de 14 mil ex-militares em actividades profissionais

    Lubango - Catorze mil e 998 ex-militares desmobilizados das ex-FAPLA e FMU serão, de Outubro próximo até ao final do ano em curso, reintegrados em projectos socioprofissionais na província da Huíla, através do Instituto de Reintegração dos Ex-Militares (IRSEM), informou hoje terça-feira, no Lubango, o seu director, José Cesário.

  • 18/07/2017 14:13:40

    Malanje: Destacada intervenção da sociedade civil na melhoria da saúde comunitária

    Malanje - O vice-governador de Malanje para o sector político e social, Manuel Campo, destacou hoje (terça-feira), nesta cidade, a necessidade de intervenção das organizações da sociedade civil no reforço da assistência sanitária e consequente melhoria do sistema de saúde ao nível das comunidades.

  • 18/07/2017 11:46:29

    Moxico: OMA reafirma preservação da paz

    Luena - A Organização da Mulher Angolana (OMA) no Moxico, agremiação feminina do MPLA, reafirmou hoje, no Luena, o compromisso de continuar a redobrar a vigilância na preservação da paz e reforçar a unidade e coesão dos angolanos.

  • 17/07/2017 23:57:59

    Malanje: Munícipes de Capunda querem sinal de telefonia móvel

    Luquembo - O administrador comunal de Capunda, a 55 quilómetros a sul do município de Luquembo, Eduardo Victor do Rosário, disse hoje à Angop, nesta localidade, que os munícipes querem os sinais das operadoras de telefonia móvel Unitel e Movicel, com vista a permitir uma comunicação fluida com o país e o resto do mundo.