Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Janeiro de 2018 | 17h07 - Actualizado em 11 Janeiro de 2018 | 17h05

Secretária-geral da OMA avança estratégia para 2018

Luanda - Aumentar o rigor, a disciplina e a eficácia para implementar os projectos e programa a favor da mulher angolana, constam da estratégia para 2018 da Organização da Mulher Angolana (OMA ), anunciou hoje, quinta-feira, em Luanda, a secretária-geral, Luzia Inglês “INGA”.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Membros da OMA apresentam cumprimento de ano novo à secretária-feral, Luzia Inglês "INGA"

Foto: Henri Celso

Membros da OMA apresentam cumprimento de ano novo à secretária-feral, Luzia Inglês "INGA"

Foto: Henri Celso

A responsável, que falava na tradicional cerimónia de cumprimentos de ano novo, sublinhou que 2018 está repleto de desafios, para os quais todas devem estar preparadas e com esperanças renovadas.

Referiu também que o ano em curso tem que ser crucial para as mulheres angolanas, ressaltando que a OMA é uma organização de defesa dos direitos das mulheres e, para tal, deve-se melhorar a capacidade de diálogo a favor da equidade do género.

 Enfatizou a necessidade de se continuar a trabalhar para moralizar a sociedade com bons exemplos, comportamentos e atitudes, prestando especial atenção à jovem mulher e afirmando, cada vez mais, a cidadania.

Por seu turno, apelou à união e engajamento, cada vez mais, das  mulheres nas comemorações alusivas ao 2 e 8 de Março próximo e enaltecer o esforço desenvolvido pelas estruturas da OMA a todos os níveis.

Igualmente, apelou a necessidade de continuarem com a mesma disponibilidade, de forma a cumprir com os seus objectivos,  tornando-a mais forte, dinâmica e preservando as conquistas já alcançadas a nível nacional e internacional.

Assuntos OMA   Sociedade  

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.