Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Março de 2018 | 13h06 - Actualizado em 12 Março de 2018 | 13h05

Quatro pessoas morreram afogadas e 12 foram salvas em Luanda

Luanda - Quatro pessoas morreram afogadas, nas últimas 72 horas, e outras 12 foram salvas na costa marítima de Luanda por mergulhadores do projecto Praias Seguras de Angola (PSA), segundo o comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mergulhadores dos bombeiros (Arquivo)

Foto: Angop

Os mergulhadores retiraram das praias do Km-26 e Ilha do Cabo, município de Belas e distrito da Ingombota, os corpos de cidadãos de 13, 14, 28 e 36 anos de idade, respectivamente.

As eminências de afogamento ocorreram nas praias do Jango Veleiro e Ponto Final, na Ingombota, e Pôr-do-sol no município de Belas, envolvendo adultos e menores com idades entre os 12 e 30 anos.

De acordo com o porta-voz do comando provincial do SNPCB, Faustino Minguês, em declarações à Angop, no mesmo período registaram-se oito incêndios causados por curto-circuito, negligência e fuga de gás nos municípios de Luanda (Sambizanga e Rangel), Talatona (Avenida Pedro de Castro), Cacuaco (Avenida Fidel Castro), Kilamba-Kiaxi (bairro Maria Eugenia Neto), Belas (Centralidade do Kilamba) e Cazenga (Tala Hadi), afectando os sectores da habitação, transporte e comércio

Os bombeiros foram também chamados para desencarcerar uma pessoa presa nas ferragens de uma viatura no Cazenga (bairro Nguanha), na sequência do despiste do automóvel para o interior de uma residência e limpeza de três derrames de combustíveis no distrito da Ingombota e município de Talatona.

Já nas Centralidades do Kilamba e Sequele, os bombeiros procederam a abertura de quatro portas enquanto sete pessoas que padeciam de patologias diversas foram encaminhados para unidade hospitalares públicos e privados.

Estas pessoas, segundo a fonte, foram socorridas pelas ambulâncias pré-hospitalares a partir da via pública e residências nos distritos urbanos do Sambizanga, Maianga, Ingombota (município de Luanda), Capanga, EN 230 e Avenida Fidel Castro (Viana) e Hoji ya Henda (Cazenga).

Leia também
  • 20/03/2018 15:15:41

    Agentes comunitários atendem mais de mil famílias no Icolo e Bengo

    Icolo e Bengo - Sete mil e 892 munícipes do município de Icolo e Bengo, em Luanda, foram assistidos por 29 Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS), no âmbito do programa de assistência das famílias nas comunidades, fez saber hoje (trerça-feira) a directora propvicial do uUndo Social, Ana Manchado.

  • 19/03/2018 19:19:51

    Manifestações de carinho e de reconhecimento marcam dia do pai

    Luanda - Diversas manifestações de carinho, amor e reconhecimento do empenho dos pais nas mais múltiplas frentes em beneficio aos educandos e conselhos aos que se furtam no cumprimento de seus deveres, como de prestação de alimentos, marcaram hoje, segunda-feira, a passagem do dia do pai.

  • 19/03/2018 11:38:32

    Mergulhadores recuperam corpos de vítimas de afogamento em Luanda

    Luanda - Os mergulhadores do projecto Praias Seguras de Angola (PSA) recuperaram, no fim-de-semana, os corpos de quatro pessoas afogadas em praias, lago e no Rio Kwanza, na província de Luanda.

  • 16/03/2018 12:00:30

    Polícia Nacional apreende em Luanda 12 armas de fogo

    Luanda - Doze armas de fogo de vários tipos e calibres foram, nas últimas 72 horas, apreendidas pela Polícia Nacional (PN) em Luanda, no âmbito de micro-operaçoes de rotina, registando-se um aumento de quatro armas em relação a semana anterior.