Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Abril de 2018 | 14h01 - Actualizado em 14 Abril de 2018 | 16h54

Morreu jornalista da ANGOP, Rufino Marcelina

Luanda - Morreu na manhã deste sábado, vítima de doença, o jornalista da Agência Angola Press (Angop), Rufino Manuel Marcelina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Malogrado Jornalista Rufino Manuel Marcelina

Foto: Angop/Arquivo

 

Segundo fonte familiar, o malogrado queixou-se de um mal estar, durante o banho matinal, tendo sido levado de urgência para uma unidade hospitalar, onde acabaria por falecer momentos depois.

Rufino Marcelina entrou para os quadros da Angop, a 2 de Julho de 1990, como jornalista, passando pelos Desks Exterior Diplomatico, Documentação, Social e a data era sub-editor do Desk Internacional.

O malogrado nasceu em Luanda, aos 8 de Julho de 1965 e deixa viúva e seis filhos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 14/04/2018 17:17:58

    Pastor apela maior intercessão a Deus em prol do país

    Luanda - O pastor da igreja Catedral de Adoração e Promessa Ismael Sebastião, apelou hoje, sábado, em Luanda, a necessidade de maior intercessão a Deus em prol do país, com vista a maior providência da ajuda divina.

  • 13/04/2018 19:31:31

    ACNUR desmente desaparecimento de refugiados na Lunda-Norte

    Luanda - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) desmentiu hoje (sexta-feira), as notícias divulgadas por alguns meios de comunicação social relativamente ao “desaparecimento” de refugiados na Província da Lunda-Norte.

  • 12/04/2018 14:01:37

    Ascofa e ABC iniciam programa de financiamento de micro negócios

    Luanda - A Associação de Apoio aos Combatentes das ex-FAPLA (ASCOFA) e o consórcio ABC procederam hoje, quinta-feira, em Luanda ao lançamento do programa de financiamento de micro negócios dos ex-militares, tendo, na ocasião, beneficiado dez associados.