Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Maio de 2018 | 17h47 - Actualizado em 17 Maio de 2018 | 17h47

Masfamu cria njango de valores para aconselhamento familiar

Cacuaco - "Njango de Valores" é a denominação de um espaço criado pelo Ministério da Acção Social Família e Promoção da Mulher (Masfamu), que numa primeira fase servirá para resolução e aconselhamento familiar, lançado recentemente no municipio do Cacucao,em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Casas Jango no Memorial do Rei Mandume (arquivo)

Foto: Antonio Escrivao


A ideia, segundo a direcção nacional do Masfamu, é apoiar o projecto "Minha Familia, Minha Inspiração" o qual pretende-se alcançar eixos importantes da socieaded cívil angolana.

O "Njango de Valores", de acordo com o Masfamu, visa promover encontros intergerecionais e interculturais para a consciencilização  do país sobre a importância dos valores morais e fundamentais que sustentam a coesão da
convivência humana.

O referido projecto proporcionará oportunidades para a troca de ideias e transmissão de mensagens positivas sobre os valores da sociedade civil angolana e contribuir para a mudança de comportamentos receptives a gravidez na adoslência, casamentos
precoces, consumo de drogas, mutilação genital femina, descriminacão de genero e outos males que afctam a sociedade civil angolana.

Educar, preparar e aconselhar os casais e futuros casais, pesquisar, resgatar e preservar os valores morais, civicos, éticos, culturais e patrioticos, serão também debatidos nos "Njangos de Valores".

O acto de lancamento do projecto decorreu no municipio de Cacuaco, em Luanda, tendo sido presenciado pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, ministra da Accão Social, Família e Promoção da Mulher, Victória da Conceicão, altos
responsáveis do Ministério da Acção, Família e Promoção da Mulher, directores provínciais, entre outras entidades.

O representante residente das Nacões Unidas, Paulo Baladeli, assistiu também a cerimonia.

Assuntos Angola  

Leia também