Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Maio de 2018 | 13h20 - Actualizado em 14 Maio de 2018 | 13h19

Unicef reitera apoio sobre os fluxos de combate a violência

Luanda - O Fundo Das Nações Unidas (Unicef) reiterou hoje, segunda-feira, em Luanda, o seu apoio para o funcionamento efectivo do fluxo de validação para apoiar crianças e adolescentes vítimas de violência.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Patrícia Portela de Souza - Representante Adjunta do Unicef

Foto: Gaspar dos Santos

Segundo a representante adjunta da instituição, Patrícia Portela de Sousa, o seu funcionamento efectivo depende da existência de serviços estruturados e equipados para responder as diferentes situações de menores em caso de violência.

Acrescentou que o Unicef está pronto em apoiar o Governo Angolano a enfrentar estes e outros desafios.

Por outro lado, o chefe da delegação da União Europeia em Angola, Tomas Ulicny, disse que a iniciativa enche de esperança em relação aos avanços que se pode ter frente aos grandes temas que ainda enfrentam muitas crianças  e adolescentes no país.

Parabenizou o Executivo pela iniciativa que evidencia o lugar de destaque que a protecção da criança tem na agenda do país.

Segundo o diplomata, ser parceiro de Angola e trabalhar ao lado do Governo para contribuir na garantia e protecção dos direitos de cada criança e adolescente tem um significado muito importante.

O seminário sobre validação dos fluxos e parâmetros para atendimento de crianças vítimas de violência está inserido no projecto de “Justiça para a Criança”, financiado pela União Europeia.

O mesmo é apoiado com descrições concretas do papel de cada actor, contribuindo na reflexão para um modelo de gestão participativa e sistémica e para o melhoramento dos processos de resposta às situações de violência.

Assuntos Criança   Sociedade   UNICEF  

Leia também
  • 14/05/2018 13:11:16

    Situação da criança angolana é preocupante - INAC

    Luanda - A situação da criança angolana é preocupante, mas não alarmante, disse hoje, segunda-feira, o director adjunto do Instituto Nacional da Criança (INAC), Paulo Kalesi.

  • 14/05/2018 13:11:00

    Sociedade tem responsabilidade em assegurar a dignidade da criança

    Luanda - Toda a sociedade tem a responsabilidade de assegurar o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação da criança angolana de acordo com a constituição de República de Angola no seu artigo 35º no ponto sexto.

  • 14/05/2018 09:31:22

    Padre insta jornalistas a observarem o primado da honestidade

    Ndalatando - O padre católico Roberto Guilherme apelou domingo, em Ndalatando (Cuanza Norte), a necessidade dos jornalistas pautarem pela observância contínua do primado da verdade e da honestidade, como caminho ideal para a promoção de uma informação isenta e transparente.