Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Junho de 2018 | 12h33 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 12h33

Diferencial competitivo é sucesso para um empreendedor

Luanda - O diferencial competitivo é considerado uma ferramenta importante para o sucesso de qualquer empreendedor, só assim conseguirá resistir no mercado e adaptar-se aos tempos, afirmou hoje, quinta-feira, em Luanda, o docente Hélio Aragão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Hélio Aragão - Docente (Arquivo)

Foto: Rosario dos Santos

A ideia foi expressa quando dissertava sobre “Empreendedorismo como factor de reintegração em Angola”, dirigida à pessoas com necessidades especiais, numa promoção da Fundação Lwini, no âmbito do seu vigésimo aniversário, a assinalar-se dia 30 deste mês.

Esclareceu que o mercado está em constante mudança, logo há necessidade de apostarem na mudança do diferencial competitivo. “Quando um empreendedor aplica ou associa o seu negócio a uma marca ou moda é um diferencial", frisou.

Disse que ter algo de novo, em relação aos outros, é o que distingue cada um dos demais no mercado, por isso deve ser considerada a chave para o sucesso de um empreendedor.

Hélio Aragão sublinhou que o empreendedorismo não é ciência nem arte, mas uma prática que tem que ser constante no dia-a-dia.

Por sua vez, o director Executivo da Fundação Lwini, Alberto Ferreira, fez saber que a motivação da palestra, para além da comemoração dos 20 anos do grupo, é proporcionar aos jovens formação sobre o tema.

Acrescentou que há seis anos, a Fundação tem feito esforços com parceiros para a formação técnica dos jovens. “Infelizmente por razões óbvias o mercado não tem correspondido com as exigências dos nossos formandos, então havia necessidade de despertar neles o sentido de empreendedorismo", reforçou.

Lembrou que os desafios de um empreendedor devem ser constantes para vencer as dificuldades do dia a dia, pelo que os jovens devem ser encorajados e sensibilizados a prosseguir com empenho para o alcance do sucesso.

Informou que ao contrário das edições anteriores, este ano a data (30 de Junho) será dedicada a angariação de fundos, com a realização de um encontro com todos os beneficiários das restantes galas para juntos partilharem experiências.

Participaram do encontro 30 jovens pessoas com necessidades especiais e membros da fundação, com destaque para a vice-presidente, Joana Lina.

Assuntos Fundação Lwini   Sociedade  

Leia também