Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Junho de 2018 | 18h36 - Actualizado em 12 Junho de 2018 | 19h04

Efectivos do Minint ganham complexo habitacional com mais de 200 residências

Ndalatando - Os efectivos do Ministério do Interior (Minint) no Cuanza Norte vão contar, até ao final deste ano, com um complexo habitacional com mais de 200 residências de diferentes tipologias, informou hoje terça-feira, em Ndalatando, o delegado provincial l da instituição, comissário Simão Pereira de Sousa Inglês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Efectivos do Minint

Foto: Estevão Manuel

O responsável fez tal anúncio quando falava na abertura das actividades alusivas ao 39º aniversário da criação do Ministério do Interior, a assinalar-se a 22 de Junho.

Afirmou que o complexo residencial está a ser construído junto ao centro de treinamento dos efectivos do Minint, na zona do Kiombo, arredores da cidade de Ndalatando e contará ainda com mais 20 casas de função, para acomodar os funcionários que venham a ser transferidos à província.

 Simão Inglês explicou que a sua instituição tem-se debatido com dificuldades para acomodar os quadros, que são transferidos para a província, no cumprimento de missão laborar e que têm sido resolvidas com o apoio do governo da província.

Quanto às 200 residências, Simão Inglês, referiu que estarão ao dispor de todos efectivos que concorrerão em igualdade de circunstâncias, para um pagamento a longo prazo, através que critérios e modelos a serem negociados.

Explicou que o Minint na província debate-se também com a escassez de meios de transportes, sobretudo, para acções operativas e transportação dos efectivos de casa ao local de serviço, uma situação a ser ultrapassada nos próximos tempos pelo ministério de tutela, com a aquisição de novos meios rolantes.

Iniciadas no final do ano passado e depois interrompidas, em virtude da crise económica que graça o país, as obras de construção do empreendimento, cujo orçamento não foi revelado, conta com financiamentos da Caixa Social do Minint.

As mesmas retomaram há cerca de três meses, e decorrem satisfatoriamente.

Entretanto, para assinalar a data, várias acções serão realizadas na província, com destaque para palestras sobre diversos temas, campanhas de limpeza e embelezamento nas diversas unidades afectas ao Interior e artérias da cidade de Ndalatando.

Leia também
  • 12/06/2018 19:55:39

    Crianças em trabalho infantil por ordens de adultos - INAC

    Lubango - Os municípios com maior incidência de seca, como os Gambos, Chibia, Humpata, Quipungo e Cacula é onde saem a maior parte das crianças que realizam trabalho infantil, no Lubango, capital da província da Huíla, mandatadas pelos pais.

  • 12/06/2018 19:53:29

    Mais de 20 % de menores envolvidos em trabalho infantil no país

    Luanda - O Instituto Nacional de Estatística (INE) denunciou, hoje, terça-feira, que 23 porcento de crianças, entre 5 aos 17 anos de idade estão envolvidas em actividades económicas ou tarefas domésticas por tempo superior ao apropriado para a sua idade.

  • 12/06/2018 18:38:49

    Estudantes visitam sede do governo provincial

    Malanje - Um grupo de estudantes da Escola Primária São José do Cluny, localizada na cidade de Malanje, visitou hoje (terça-feira), a sede do governo provincial, visando interirar-se do seu funcionamento, no âmbito da jornada alusiva ao mês da criança.