Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Junho de 2018 | 17h37 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 17h37

Empreendedores desafiados a apostar no segmento do saneamento básico

Lubango - Os empreendedores da província da Huila foram desafiados, hoje (quarta-feira), nesta cidade, a investirem na criação de contentores selectivos para reciclagem e apostarem numa nova forma de fazer negócio, pelo director do departamento de Saneamento Básico e Espaços Verdes da Administração municipal do Lubango, Fábio António.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Recolha de lixo deficiente na cidade do lubango

Foto: Saturnino Tomás

Em declarações à Angop, gestor reconheceu que o processo de criação do mesmo vai igualmente minimizar o risco de doenças dos “recolectores de lixo”, que se expõem diariamente nas ruas da cidade em contentores de resíduos a procura de material que lhes pode "render algum valor".

Afirmou que administração está ensaiar a implementação deste tipo de contentores de lixo selectivo metálicos, contando actualmente com quatro, fabricados em Benguela.

Declarou que a tendência dos recolectores de resíduos tirarem o lixo dentro dos contentores para fora, a procura do material que precisam, é uma situação que preocupa a administração, mesmo vendendo posteriormente o produto, acabam por criar problemas “sérios” à saúde, com o contacto directo ao lixo sem uma protecção adequada.

“Pensamos em alertar aqueles que são os nossos empreendedores a desenvolverem esse projecto, pois não cabe a administração investir no negócio da reciclagem, mas sim aos empreendedores interessados em produzir esse material e cultivar a cultura de separar o lixio na hora do depósito”, notou.

Considerou ser um processo rápido, seguro e bastante lucrativo para a pessoa que gere, uma vez que as empresas de plásticos locais pagam 40 Kwanzas por cada quilo de plástico, mas não se encontram jovens organizados a fazerem esse trabalho, são mais os senhores e crianças como uma fonte de sustento de suas famílias.

“Seria uma pena se deixássemos que a administração pegasse nesta vertente especifica do sector, pois estamos a falar de uma praça muito grande em termos de população e de um número elevado de jovens desempregados que poderiam encontrar uma fonte de rendimento nesta área de gestão de resíduos sólidos”, lamentou.

A cidade do Lubango tem actuamente 58 contentores metálicos, 12 bacias metálicas, dois camiões inapropriados de recolha do lixo, dois tractores agrícolas uma carregadora e cinco carinhas com capacidade para três toneladas, números insuficientes para cobrir a cidade inteira. Precisaria ter no total380 contentores de 100 litros, cinco camiões adequados e o mais importante, a mudança de consciência dos populares relativo ao tratamento dos resíduos.

Leia também
  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 15:43:59

    Polícia regista mais de 100 homicídios em dez meses

    Lubango - Cento e 22 homicídios voluntários, com destaque para o município do Lubango, com 54 casos, foram registados de Janeiro a Outubro do ano em curso, mais quatro assassinatos em relação ao igual período anterior, informou hoje, quinta-feira, nesta cidade, o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

  • 05/11/2018 16:11:42

    Briga por terreno resulta em morte na Chibia

    Lubango - Um cidadão de 33 anos de idade é acusado de matar um primo de 40 anos de idade, no município da Chibia, província da Huíla, por espancamento, depois de uma discussão pela alegada posse de um terreno herdado de seus avós, informou hoje, segunda-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

  • 02/11/2018 18:13:34

    Padre na huíla critica desrespeito ao sagrado

    Lubango - O vigário-geral da Sé Catedral do Lubango, Pacheco Jonas Simão, criticou, hoje, a "banalização das coisas sérias" em que as pessoas, por exemplo, tratam os cemitérios sem respeito.