Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Junho de 2018 | 20h31 - Actualizado em 12 Junho de 2018 | 20h31

Ética e deontologia devem nortear quotidiano do gestor público - governador

Huambo - O cumprimento escrupuloso da ética e da deontologia profissional, com base no sigilo e na confidencialidade dos assuntos do Estado, deve nortear o quotidiano de todo funcionário público, começado pelos titulares de cargos de direcção e chefia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador do Huambo, João Baptista Kussumua

Foto: VALENTINO YEQUENHA

Esta advertência é do governador da província do Huambo, João Baptista Kussumua, que falava hoje, terça-feira, na cerimonia de empossamento de 19 directores de gabinetes provinciais, dois administradores municipais, 44 chefes de departamentos, dois administradores municipais adjuntos, um comunal e outro adjunto, assim como 10 chefes de secções.

Segundo o governante, é necessário que os novos responsáveis exerçam as suas funções com dignidade e com respeito aos princípios legais do servidor público, pois  o sucesso da gestão assenta no bom desempenho,  boa conduta e postura perante à lei e na capacidade de materialização exitosa, célere e atempada das suas atribuições.

Lembrou que a administração pública persegue, em primeiro lugar, o interesse público e, por esta razão, deve reger-se pelos princípios da igualdade, da legalidade, da justiça, da proporcionalidade, da imparcialidade, da responsabilização, da decisão e probidade administrativa, da celeridade processual e desburocratização, do dever e da boa administração, assim como do participativo e da colaboração da administração com os particulares.

No seu discurso, João Baptista Kussumua justificou que o reajuste das estruturas do Governo da província do Huambo surge no cumprimento do Decreto Presidencial 208//17, de 22 de Setembro, que regulamenta os princípios e as normas de organização e de funcionamento dos órgãos da Administração Local do Estado, fixando as respectivas estruturas organizacionais e os mecanismos da sua operacionalização.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.