Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Junho de 2018 | 14h59 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 14h59

Nova responsável da Justiça aposta na expansão do registo de nascimento

Ndalatando- A expansão dos serviços de registo civil às zonas mais recônditas do Cuanza Norte, visando assegurar o registo do nascimento a todos os cidadãos, constitui a aposta da nova delegada província da Justiça e Direitos Humanos, Delfina Graciosa Camulombo, segundo declarou a mesma esta quarta-feira, em Ndalatando.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte: Delfina Graciosa Camulombo, nova delegada província da Justiça e Direitos Humanos

Foto: Estevão Manuel

Em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de sua apresentação aos funcionários do sector, a responsável referiu, sem explicar como será feita essa aposta, que os cidadãos residentes na província do Cuanza Norte que ainda não possuem o registo de nascimento, que os certifique como cidadãos nacionais, terão agora ter a oportunidade de o fazê-lo.

Sublinhou que do conhecimento que possui sobre o sector, existem ainda na província um número elevado de cidadãos, entre crianças e adultos, que não possuem registo de nascimento e que essa tarefa se constituirá numa das acções a desenvolver durante o seu mandato.

“Temos consciência que temos ainda muitos cidadãos que estão sem o registo de nascimento, essa também é uma das metas que nós trazemos para ultrapassar”, referiu.

O reduzido número de magistrados judiciais para a cobertura do sector da justiça em toda província, constitui outra preocupação da nova responsável da Justiça, que prometeu trabalhar junto do ministério de tutela, para a solução do caso.

Delfina Graciosa Camulombo, apresentada hoje aos responsáveis e funcionário da justiça na província pela vice-governadora para o sector político, social e económico, Leonor da Silva de Lima e Cruz, antes de ser nomeada para as novas funções, ocupou o cargo de directora da provincial da Família e Promoção da Mulher, e substitui nessa função Pedro Manuel Mulanda.

Leia também
  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.