Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Junho de 2018 | 18h28 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 18h28

Portadores de albinismo consideram que discriminação tende a reduzir

Malanje - Algumas pessoas portadoras de albinismo, em Malanje, consideram que a discriminação racial de que eram alvo os indivíduos com esse tom de pele, tende a reduzir significativamente nos últimos tempos, devido a moralização das consciências dos cidadãos e do combate ao preconceito promovido pela sociedade e o Estado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esse reconhecimento foi manifestado hoje (quarta-feira), nesta cidade, pelo presidente da Associação de Pessoas Portadoras de Albinismo de Malanje, Marcos Raimundo, frisando que fruto disso, há cada vez mais aceitação e convivência sadia com os albinos.

Em declarações por ocasião do Dia Mundial de Consciencialização sobre o Albinismo, que hoje se assinala, o responsável precisou que se tem notado a mudança de consciência de muitas pessoas na sociedade porque a informação sobre as causas do albinismo e a não discriminação tem sido veiculada com mais abrangência, no sentido de moralizar e elucidar os cidadãos de que se trata apenas de diferença de cor e não de certos tabus que até então se fazia sentir.

“As pessoas hoje já não veem o portador de albinismo como viam antigamente, porque tem havido socialização e tem se combatido alguns tabus e informações mal passadas”, frisou, acrescentando que isso tem motivado essa franja social a levar uma vida normal e não se auto-excluírem do convívio social.

Ao falar em nome dos portadores de albinismo, Marcos Raimundo precisou que, para além das políticas contra a discriminação levadas a cabo pelas autoridades, os próprios membros da Associação das Pessoas Portadoras do Albinismo de Malanje, têm promovido regularmente palestras e levado informações porta-a-porta sobre o albinismo e suas causas, no sentido de esclarecer sobre a sua normalidade.

Fez saber que essa prática tem servido de “educação” social, de maneiras a expandir a informação de que o albinismo é uma anomalia pigmentar do indivíduo e não constitui um fenómeno social relevante.

Por outro lado, o responsável destacou o cuidado a se ter com os portadores de albinismo, no tratamento e conservação da pele, sobretudo por parte daquelas vulneráveis económica e socialmente, pelo que apelou a sociedade no sentido de prestar o seu apoio em protectores solares, chapéus, roupas e outros artigos que ajudam a se defender dos efeitos do sol.

A Associação das Pessoas Portadoras do Albinismo de Malanje foi criada em 2017, com o fito de consciencializar a população para a não descriminação de pessoas com albinismo.

Tem actualmente mais de 40 membros e conta com o apoio solidário de pessoas não portadoras do albinismo, em várias vertentes sociais.

O Dia Mundial de Consciencialização sobre o Albinismo foi proclamado pela ONU, para divulgar informação sobre o albinismo e para evitar descriminação aos albinos, combatendo ao mesmo tempo a sua perseguição, assim como celebrar as conquistas de pessoas com albinismo.

O albinismo é uma anomalia pigmentar que leva a uma cor de pele, pelos e olhos muito claras, por conta de factores genéticos.

Leia também
  • 16/06/2018 19:33:27

    Pais devem reforçar papel de educadores dos filhos

    Malanje - Com vista a construção de uma sociedade cada vez mais segura e com adultos responsáveis, os pais devem continuar a desempenhar o seu papel de educar e proteger filhos, assim como amá-las e envidar esforços para a garantia dos seus direitos, disse hoje a directora do Gabinete Provincial de Acção Social, Família e igualdade do Género, Fátima Paulo.

  • 16/06/2018 16:38:00

    Malanje: SIC apresenta autores de homicídio qualificado

    Malanje - Quatro supostos marginais indiciados no crime de homicídio qualificado na via pública foram apresentados à imprensa hoje, sábado, nesta cidade, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

  • 16/06/2018 16:30:52

    Moxico: Bispo exorta criação de espaços de inclusão para crianças

    Luena - O bispo da Diocese do Luena, Jesus Tirso Blanco, exortou hoje, sábado, no Luena, a criação de mais espaços de lazer e de estudos, onde as crianças possam ser educadas e receber conselhos que ajudarão a levar uma vida digna no futuro.

  • 16/06/2018 07:31:47

    Água potável chega a 90% da população do Bengo este ano

    Luanda - Noventa porcento dos mais de 300 mil consumidores da província do Bengo terá acesso à água potável diariamente, ainda este ano, disse à Angop o presidente do Conselho de Administração da Empresa de Águas do Bengo, Carlos Gomes.