Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Julho de 2018 | 12h04 - Actualizado em 09 Julho de 2018 | 12h04

Administradora do Dande prioriza desenvolvimento social

Caxito - Melhorar o saneamento básico, educação, saúde, energia e águas são as prioridades da nova administradora municipal do Dande, Anastácia de Vasconcelos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bengo: Administradora municipal do Dande

Foto: Foto cedida

Em declarações à Angop, a administradora explica que a prioridade dada a esses sectores como forma de melhorar as condições de vida da população, contando com a colaboração de todos os munícipes.

Segundo Anastácia de Vasconcelos, o seu programa de acção priorizará igualmente encontros de auscultação com a juventude, autoridades tradicionais, igrejas e sociedade civil, para resolução das principais dificuldades das populações.

Sobre as vias de acesso, garantiu que trabalhará na melhoria de algumas redes viárias (secundárias e terciárias) nas comunas, para facilitar o escoamento dos produtos do campo para cidade e vice-versa.

A conclusão de alguns projectos sociais, inserido no programa municipal integrado do desenvolvimento do combate à pobreza, visando a melhoria da qualidade de vida da comunidade, consta ainda no seu plano de acção.

 O município do Dande tem cinco comunas, Barra do Dande, Kicabo, Úcua, Mabubas e Caxito, com uma população estimada em  222 mil e 528 habitantes, maioritariamente que se dedicam a actividade agrícola e pesca artesanal.

Hoje, segunda-feira, começa a apresentação aos habitantes dos quatro novos administradores municipais recentemente nomeados para Ambriz, Bula Atumba, Dande e Nambuangongo, em acto orientado pelo vice-governador para o sector político e social, António Martins.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.