Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Julho de 2018 | 19h19 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 19h19

Antropólogo quer maior investimento nas zonas rurais

Ndalatando - O antropólogo Lúcio Marques defendeu hoje, em Ndalatando, província do Cuanza Norte, a necessidade do equilíbrio nos investimentos realizados nas zonas rurais e urbanas, visando conter o êxodo populacional para as cidades.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O académico defendeu tal ponto de vista, quando falava à Angop, a propósito do 11 de Julho, Dia Mundial da População, que se assinala nesta quarta-feira.

Salientou que o crescimento populacional deve merecer a máxima consideração dos governos, no sentido de haver um equilíbrio entre o número da população, qualidade de vida e os investimentos a serem feitos, para a melhoria de vida das mesmas.

Apontou os conflitos políticos, familiares e étnicos, bem como a busca de melhores condições de vida, sobretudo, entre a população jovem, como factores que contribuem para a migração, o que proporciona o surgimento das desigualdades e assimetrias entre diferentes regiões do país e do mundo.

Para inverter o quadro, o também pastor da Igreja Evangélica de Angola (IECA) defendeu que haja mais investimentos nas zonas rurais, sobretudo na criação de infraestruturas, que atraiam investidores e contribuam para a criação de empregos, para desestimular o fenómeno migratório.

Considerou a migração como sendo um fenómeno secular que contribui para o desequilíbrio económico, principalmente dos jovens, que constituem a força motriz de uma sociedade, que de certo modo vão contribuir para o desenvolvimento de outras regiões.

O Dia Mundial da População é um evento anual, celebrado a  11 de Julho, com o objetivo de  alertar para as questões do planeamento e do desenvolvimento populacional.

Leia também
  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.

  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.