Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Julho de 2018 | 16h08 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 16h47

Empresa de Águas promete restabelecer fornecimento a Ndalatando

Ndalatando - A Empresa de Águas e Saneamento do Cuanza Norte (EASCN) anunciou hoje, quinta-feira, que vai repôr, nas próximas 24 horas, o fornecimento normal de água a Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, interrompido desde segunda-feira (09), devido a uma roptura na principal conduta que transporta o líquido aos diferentes bairros da cidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trabalhos de restabelecimento de fornecimento de água a Ndalatando

Foto: Diniz Simão

Em declarações à Angop, o responsável da área Técnica da EASCN, Adão Morais, esclareceu que a equipa trabalha desde o momento que se registou a avaria, para restabelecer o fornecimento, mas devido a falta de material de reposição no mercado local, dificultou a rapidez na conclusão dos trabalhos.

A avaria resulta de uma roptura de um troço de 10 metros da conduta de 600 milímetros, que conduz a água a partir do reservatório principal, localizado no bairro Miradouro, às diferentes zonas da cidade e cuja tubagem para a substituição teve de ser adquirida em Luanda.

Segundo o responsável, os técnicos da empresa estão mobilizados e utilizam todos os equipamentos necessários para solucionar o problema.

Adiantou que os trabalhos vão continuar noite a dentro, sendo que a previsão é de que o conserto seja concluído nas próximas 24 horas, após o que o fornecimento será restabelecido.

Por seu turno, o administrador municipal adjunto do Cazengo para área Económica e Orçamental, Angelino Sampaio, que acompanha os trabalhos, considera ser importante o restabelecimento urgente do fornecimento de água a Ndalatando, por se tratar de um líquido indispensável a vida.

Sublinhou que o fornecimento de água é um daqueles serviços cuja ausência desestabiliza a vida das comunidades, razão pela qual a Administração Municipal do Cazengo e o Governo do Cuanza Norte estão a prestar todo o apoio necessário a equipa de técnicos que trabalha para o restabelecimento do fornecimento de água à cidade.

A roptura da conduta deixou a cidade de Ndalatando e seus arredores completamente privada de água.

Leia também
  • 11/11/2018 10:00:46

    Arcebispo valoriza Operação Resgate

    Saurimo - O arcebispo da arquidiocese de Saurimo (Lunda Sul), Dom José Imbamba, afirmou, sexta-feira, em Saurimo, que a Operação Resgate, em curso no país, é uma medida que se impõe para se por ordem no ordenamento social de Angola.

  • 11/11/2018 09:09:01

    Governo aposta no resgate das profissões

    Cuito - O governo do Bié vai, a partir do próximo ano, apoiar as pequenas iniciativas de jovens empreendedores com iniciativas de alavancar a economia da região e, fundamentalmente, garantir emprego à juventude.

  • 11/11/2018 08:28:25

    Metade das residências do Quilomoço entregue aos respectivos moradores

    Uíge - Quinhentas e cinco residências da centralidade Horizonte do Quilomoço, na cidade do Uíge, foram entregues aos moradores, desde o passado mês de Agosto, data de início do processo de comercialização.

  • 11/11/2018 07:53:15

    Ex-Leprosaria da Funda regista 50 novos casos em nove meses

    Luanda - A ex-Leprosaria da comuna da Funda, município de Cacuaco, diagnosticou, de Janeiro a Setembro de 2018, 50 novos casos de lepra, deu a conhecer hoje, quinta-feira, em Luanda, o administrador do actual Centro de Saúde e Reabilitação da Funda, Joaquim Imperial Santana.