Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Julho de 2018 | 18h30 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 18h29

População de Malanje cresce em mais oito porcento em quatro anos

Malanje - A população da província de Malanje cresceu 8,93, nos últimos quatro anos, fruto do aumento da taxa de fecundidade da mulher e do planeamento familiar, segundo deu a conhecer hoje, quinta-feira, à Angop, o director local do Instituto Nacional de Estatística (INE), Sidó Socola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar sobre a projecção da densidade populacional de Malanje, o responsável precisou que até 2014, a população da província de Malanje era de 989 mil e 900 habitantes e o último censo realizado este ano indica o crescimento para 1 milhão, 108 mil e 264 habitantes.

Explicou que consigo subiu também a esperança de vida da população de 61 para 62 anos, acrescentando que o universo feminino constitui a maioria da população com 52 porcento.

De acordo com Sidó Socola, a taxa actual de fecundidade é de 6 filhos por cada mulher, o que tem resultado no aumento da densidade populacional na província e no país em geral.

O responsável antevê mais crescimento demográfico nos próximos anos, devido aos factores de desenvolvimento social que vai se atingido gradualmente no país.

Leia também
  • 12/07/2018 16:57:19

    Infracções laborais aumentam na Lunda Sul

    Saurimo - Quinhentos e 25 infracções laborais diversas foram registados, em seis meses, pelos Serviços de Inspecção do Trabalho na Lunda Sul (SPIT), um aumento de 130 casos em relação a igual período anterior, informou hoje, quinta-feira, em Saurimo, o chefe provincial do sector na região, Abel Fidel.

  • 12/07/2018 16:08:48

    Empresa de Águas promete restabelecer fornecimento a Ndalatando

    Ndalatando - A Empresa de Águas e Saneamento do Cuanza Norte (EASCN) anunciou hoje, quinta-feira, que vai repôr, nas próximas 24 horas, o fornecimento normal de água a Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, interrompido desde segunda-feira (09), devido a uma roptura na principal conduta que transporta o líquido aos diferentes bairros da cidade.

  • 12/07/2018 12:07:20

    Violações destacam-se entre os crimes no Lubango

    Lubango - Três violações sexuais destacam-se entre os crimes registados pela Polícia Nacional na Huíla, durante os últimos sete dias, informou o porta-voz superintendente, Carlos Alberto.