Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Julho de 2018 | 18h39 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 18h39

Sociedade civil em formação sobre género e VIH/Sida

Malanje - Membros das organizações da sociedade civil e de associações e cooperativas de camponeses e quadros da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) participam, a partir de hoje (quinta-feira), nesta cidade, no VIII módulo anual de formação sobre género e VIH/Sida.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Com duração de dois dias, a formação está a ser promovida pela ADRA com objectivo de reforçar a sua capacidade e sustentabilidade institucionais relacionadas com o desenvolvimento sustentável e com as temáticas de direito das mulheres, género e VIH/Sida nas comunidades.

Consta ainda dos objectivos do evento, identificar e analisar os desafios da organização sobre o género e direito das mulheres à luz do seu Plano Estratégico referente ao período de 2018/2022.

De acordo com o director da ADRA em Malanje, Fernando Santos, a promoção do equilíbrio e justiça de género constitui um dos desafios da organização, daí a razão da promoção anual da formação, com vista a aumentar os conhecimentos dos seus quadros, da sociedade civil dos parceiros sobre o género, mulheres e VIH/Sida.                                                                                                                                                                               

Por isso, diz, espera-se que com a formação sejam refrescados conhecimentos e produzidas contribuições e sugestões que concorram para o alcance das linhas de acção do plano estratégico da ADRA para os próximos tempos.

Por sua vez, o administrador municipal de Malanje, João de Assunção, reconheceu a contribuição que a ADRA tem dado para uma melhor equidade do género e prevenção do sida, com a realização de várias acções de sensibilização e formação nesse domínio.

Considerou que apesar dessas iniciativas da ADRA, aliadas a outras do Governo e não só, ainda regista-se hoje novos casos de sida, o que demonstra algum comportamento de risco que sobretudo os jovens enfrentam, com a prática de relações sexuais desprotegidas, o que preocupa as autoridades administrativas locais e centrais.

Durante a formação, os participantes vão abordar matérias relacionadas com as estratégias a adoptar para um envolvimento e participação das mulheres nos debates sobre a temática em discussão, abordagem epidemiológica sobre a questão de VIH/Sida, visão cultural e religiosa sobre a luta contra a doença, entre outros aspectos.

O evento conta também com a participação de representantes das organizações da sociedade civil dos municípios do Quela, Cacuso, Kiwaba Nzoji e Calandula (Malanje) e de Luanda.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.