Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Setembro de 2018 | 18h02 - Actualizado em 14 Setembro de 2018 | 11h45

Cunene necessita de 40 educadores de infância

Ondjiva - Quarenta novos educadores de infância são necessários na província do Cunene, para cobrir os 15 centros infantis comunitários existente, disse hoje, quarta-feira, em Ondjiva, a directora local da Acção Social, Família e Igualdade no Género, Julinda Sinedima Dionísio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Crianças num centro infantil comunitário

Foto: Lucas Leitão

Ao falar à Angop sobre actividade do sector, a responsável disse que desse número, constam 24 educadores e 16 vigilantes de infância, pois os actuais 39 educadores e vigilantes não respondem a demanda na província.

Para si, esta situação tem causado muitos transtornos, sendo que já é do conhecimento do Governo local e aguarda-se por solução.

Actualmente, 552 crianças dos dois aos cinco anos de idade frequentam os centros infantis comunitários a nível do Cunene.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 12/09/2018 17:57:23

    Empregados domésticos devem ter segurança social - diz INSS

    Ondjiva - Os os empregadores devem inscrever os trabalhadores domésticos no sistema de protecção social obrigatória, apelou, hoje, quarta-feira, o director provincial do Instituto Nacional da Segurança Social (INSS), no Cunene, Boaventura Sayuka.

  • 12/09/2018 03:06:28

    Técnicos reforçam saber sobre contratação pública

    Ondjiva - Temas como procedimentos, execução dos contratos, natureza das unidades de contratação pública e planeamento de necessidades destacam-se na acção de capacitação sobre contratação pública iniciada terça-feira, em Ondjiva (Cunene).

  • 12/09/2018 00:51:36

    Administrador pede proactividade a gestores

    Namacunde - O actual momento é de trabalho e poucas palavras visando responder aos desafios da província, em geral, e do município de Namacunde, em particular, afirmou terça-feira o administrador local, Frederico Alukeinge