Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

03 Outubro de 2018 | 16h31 - Actualizado em 03 Outubro de 2018 | 13h57

Primeira fase da Operação Resgate resulta na detenção de 170 suspeitos

Luanda - As autoridades policiais em Luanda realizaram, de 26 a 28 de Setembro, a primeira fase pré-operacional da “ Operação Resgate”, tendo resultado na detenção de 170 pessoas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo da Polícia Nacional

Foto: Google/Divulgação

De acordo com um comunicado de imprensa do Gabinete de comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior (MINIT), que a Angop teve acesso, os suspeitos foram detidos no âmbito do patrulhamento ostensivo, trânsito rodoviário, buscas e por infracções migratórias.

As forças da ordem apreenderam 29 armas de fogo, das quais 26 em posse dos suspeitos de crimes, de agentes da corporação e efectivos de empresas de segurança.

O documento indica que foram ainda aprendidas 81 motocicletas, algumas das quais roubadas e 102 viaturas.

Foram igualmente apreendidas mil e 116 porções de liamba, 11 computadores de mesa, sete televisores tipo plasma, 280 litros de combustíveis, sete mil kwanzas, bem como vários artigos domésticos e artefactos utilizados para cometimentos de crimes.

A acção de policiamento intensivo e ostensivo visa a redução da sinistralidade rodoviária, investigação criminal, combate a imigração ilegal.

A nota refere que as acções vão prosseguir e conhecer incremento nos próximos dias de modos a elevar cada vez mais os níveis de segurança e tranquilidade pública na capital angolana.

A representação do MININT apela a colaboração de todos no sentido de adaptarem medidas de autoprotecção ( que reduzam as oportunidades aos marginais), denuncia de crimes e a não auxiliarem estrangeiros.

Com mais de seis milhões de habitantes fazem parte da capital angolana os municípios de Luanda, Cacuaco, Cazenga, Viana, Belas, Kilamba-Kiaxi, Talatona, Icolo e Bengo e Quiçama.

Leia também