Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

30 Outubro de 2018 | 18h51 - Actualizado em 31 Outubro de 2018 | 08h10

Instituições enaltecem papel da ANGOP na expansão da informação

Luanda - Diversas instituições do país enalteceram terça-feira, o papel desempenhado pela Agência Angola Press (ANGOP), na expansão do seu noticiário a nível do país e no estrangeiro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ANGOP celebra 43 anos de existência

Foto: Rosário dos Santos

Cuanza Sul

Em mensagens enviadas , nesta terça-feira, ao Conselho de Administração da Agência e ao colectivo dos trabalhadores, por ocasião do seu 43º aniversário, que se assinala nesta data, o Comité Provincial do Cuanza Sul do MPLA reconhece que à Angop tem estado a jogar o seu papel de comunicar, apesar de algumas limitações técnicas e tecnológicas.

“Consciente dos desafios que se colocam para a Angop, como Agência de noticiosa, o secretariado da comissão executiva do comité provincial do Cuanza Sul do MPLA, em nome dos seus militantes, simpatizantes e amigos apela aos profissionais deste órgão, no sentido de aprofundarem a sua intervenção a escala provincial, promovendo os valores de interesse dos povos desta região, observando um elevado patriótico e sentido profissional”, lê-se na mensagem.

Luanda

Já o Sindicato de Jornalistas Angolanos (SJA) sublinha que a Angop, conquistou o seu espaço no universo da Comunicação Social angolana, como sendo um meio importante para o comprimento do direito constitucional à informação, considerou hoje, em Luanda o Sindicato dos Jornalista Angolanos (SJA). Por esta razão, felicitou e dedicou êxitos a todos os trabalhadores e jornalistas em particular da Agencia Agência Angola Press - EP (ANGOP) e apela a todos os jornalistas a exercerem a profissão respeitando à Lei de Imprensa, princípios éticos e deontológicos e promover os valores da pz e tolerância, da construção de um Estado Democrático de Direito.  

Cuanza Norte

Por outro lado, o Comando provincial do Cuanza Norte da Policia Nacional felicitou hoje, o Conselho de Administração e aos trabalhadores da Agência Angola Press - EP (ANGOP), pelo 43º aniversário, encorajou-os, à luz do novo paradigma comunicacional, a trabalharem para que a empresa retome o seu papel de principal fonte de informação, para os demais órgãos de comunicação social, notabilizando-se na difusão dos factos noticiosos. A corporação enaltece o empenho e a dedicação dos mesmos, como uma única Agência de notícias na prestação de um serviço público de comunicação social. Cabinda

Também o secretariado do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA) em Cabinda, em mensagem de felicitações, aconselha o conselho de administração e colectivo de trabalhadores da Angop, a fazer desta da um dia de reflexão e união de forças para a missão que lhes é atribuída.

Já Walter Alberto refere que os profissionais da Angop, a serem isentos e imparciais, evitando ser parte do problema, mas considerando-se integrante do sistema incentivador de uma sociedade culta e educada na promoção de valores cívicos e morais dos cidadãos e das instituições.

Referiu que o jornalismo responsável não se compadece com invasão à privacidade e muito menos tolerar processos de intenções que atentam contra os mais elementares direitos de dignidade das pessoas.

Para o professor Pedro Manuel, a sociedade reconhece o papel que a Angop tem desenvolvido na informação, formação do que se passa no país, por isso, é importante é que cada um saiba os seus direitos e deveres.

“Os jornalistas da Angop ,devem encarar a escolha da profissão como ferramenta para o desenvolvimento da democracia”, disse. ANGOP é a única agência de notícias do país e tem como objectivo recolher, tratar e distribuir, em regime exclusivo, tanto em Angola, como no exterior, notícias com base numa informação objectiva sobre a actualidade nacional e internacional.

Uíge

No Uíge,  o Governo Provincial destacou também o empenho dos profissionais da Agência Angola Press (Angop), na divulgação de notícias que retratam a realidade sócio económica da região.

Em mensagem de felicitações a propósito dos 43 anos da criação desta empresa, que hoje se comemora, o Governo local refere que este órgão marcou, nos últimos anos, passos significativos para o seu crescimento, apostando na profissionalização dos seus quadros e no melhoramento dos seus conteúdos de informação.

Por seu turno, o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), depois de felicitar o Conselho de Administração e os trabalhadores da única  Agência de Notícias e Angola, reconhece o empenho e engajamento dos seus profissionais que têm respondido com nobreza e profissionalismo aos vários desafios no contexto em que o país se renova nos mais variados domínios.

Para o MASFAMU, a Comunicação Social é o barómetro das actividades executivas, é através dela que a sociedade toma conhecimento das várias iniciativas, acções, projectos e programas em curso no Sector da Acção Social, particularmente para os  grupos alvos.

Fornece por ligação electrónica, Internet ou e-mail, directamente ou por outras vias previamente acordadas, notícias aos órgãos de informação nacionais e estrangeiros, na base dos compromissos para esse efeito assinados.

A ANGOP foi criada em Julho de 1975, com a denominação de Agência Nacional Angola Press (ANAP). No início, os seus trabalhos eram distribuídos sob a forma de boletim impresso, até que, no dia 30 de Outubro do mesmo ano, lançou o seu primeiro despacho telegráfico. Anualmente, comemora-se, a 30 de Outubro, o aniversário da empresa.

Leia também
  • 08/11/2018 17:46:00

    Responsável sugere cooperativas numa única entidade

    Ndalatando - A necessidade da criação de uma única entidade que congregue todos os ramos do cooperativismo para melhor organização e defesa dos seus direitos foi defendida, hoje (quinta-feira), em Ndalatando, Cuanza Norte, pela vice-presidente da Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Angola (Unaca), Ricardina Machado.

  • 08/11/2018 17:31:48

    APROSOC facilita registo de 400 menores de cinco anos

    Luena - Quatrocentas menores vulneráveis, de cinco anos de idade, da comuna do Lucusse, província do Moxico, beneficiaram, de Julho até a presente data, de registo de nascimento gratuito e vacinas contra o tétano e a pólio, no âmbito do Projecto de Apoio à Protecção Social (APROSOC).

  • 08/11/2018 17:24:09

    Anciã morre por Descarga atmosférica no Cuvango

    Cuvango - Uma anciã de 75 anos de idade morreu, quarta-feira, vítima de descarga atmosférica, no município do Cuvango, província da Huíla, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, o porta-voz do Comando Provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro, Inocêncio Hungulo.

  • 08/11/2018 17:15:30

    Paz exercício de soberania e segurança - diz responsável

    Luanda - A construção da paz é um exercício de soberania e de segurança nacional, por constituir a base para a defesa e preservação do bem comum, cujo objectivo fundamental deverá ser dotado as crianças e adultos, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, o director-geral da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), João de Deus.