Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Janeiro de 2019 | 15h51 - Actualizado em 09 Janeiro de 2019 | 18h02

Educação e saúde entre as prioridades do governador do Cuanza Norte

Ndalatando - A melhoria das condições nos sectores da saúde, educação, saneamento básico, bem como o acesso à água potável e à energia eléctrica figuram entre as prioridades da gestão do novo governador da província do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Adriano Mendes de Carvalho, governador do cuanza norte (arquivo)

Foto: Gaspar dos Santos

Falando hoje, em Ndalatando, na cerimónia de recessão de pastas e de apresentação aos colaboradores e membros da sociedade civil, Adriano Mendes de Carvalho prometeu dar continuidade às acções, em curso, desenvolvidas pelo seu antecessor, muitos delas de capital importância para as populações.

Assegurou que vai reforçar a atenção ao desenvolvimento dos municípios, dos seus recursos humanos e produtivos, com vista a melhoria do nível de vida dos munícipes, de modo a travar a fuga dos quadros jovens para outras provinciais, em busca de melhores condições de vida.

O grande desafio, de acordo com o governador, será dotar as administrações municipais de meios técnicos e quadros capazes para melhorar a prestação des serviços aos cidadãos e a consequente arrecadação de receitas.

Para se concretizar os objectivos traçados, Adriano Mendes de Carvalho aposta forte na agricultura familiar e mecanizada, turismo, comércio e prestação de serviços, de modo a contribuir para a geração de mais empregos para a juventude.

Adriano de Carvalho, que traz como lema da governação no Cuanza Norte “Estamos proibidos de falhar”, assegurou que fará com que as acções do governo falem “muito mais alto” do que as palavras dos seus dirigentes.

Para isso, quer o apoio de todos os quadros locais, principalmente daqueles que, no exercício das suas funções, demonstrem engajamento, rigor e disciplina na gestão do erário público, mantendo acesa a chama do combate à corrupção e ao nepotismo, entre outras práticas nocivas.

Nesta cerimónia presidida pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, o novo governador do Cuanza Norte defendeu o estreitamento das relações com o empresariado, dando-lhes oportunidades para que possam desenvolver os seus negócios, ao mesmo tempo que contribuem para o desenvolvimento da província.

Pediu também o envolvimento de mulheres, jovens, membros da sociedade civil e igrejas para a melhoria da província, afirmando que sem esse apoio nada fará para o bem-estar das populações.

Adriano Mendes de Carvalho prometeu, por outro lado, combater as maledicências, a mentira, intriga e calúnia no seio dos seus colaboradores, práticas que podem ter como missão distrair a atenção do governador dos problemas mais prementes da população.

Já o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, lembrou a Adriano Mendes de Carvalho que governar Luanda é diferente de governar Cuanza Norte, por serem diferentes também as suas populações e os seus problemas, exigindo abordagens diferentes.

Pediu ao novo governador simplicidade no trabalho, capacidade de mobilização da sua equipa de trabalho e de todos para caminharem juntos em torno do mesmo objectivo e, sobretudo, primar pelo diálogo permanente com a sociedade e, particularmente, com os seus colaboradores.

Por sua vez, José Maria Ferraz dos Santos, governador cessante do Cuanza Norte, pediu que Adriano Mendes de Carvalho dê continuidade aos projectos de reabilitação e construção de infra-estruturas em curso na província, tendo em conta o apoio institucional de que contam para a sua efectivação.

Leia também
  • 06/02/2019 11:16:38

    Acidentes de viação causam 92 mortes em 12 meses no Cuanza Norte

    Ndalatando - Noventa e duas pessoas morreram e 523 ficaram feridas em consequência de 383 acidentes de viação registados entre Janeiro a Dezembro de 2018 no Cuanza Norte, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.