Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Fevereiro de 2019 | 17h52 - Actualizado em 04 Fevereiro de 2019 | 17h51

Município do Huambo ganha equipamentos sociais

Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A escola, com três salas de aula, foi inaugurada na aldeia de Catchaca, 34 quilómetros da cidade do Huambo, devendo beneficiar 217 crianças do I ciclo de ensino. A mesma, orçada em 10 milhões de kwanzas, é uma oferta da Fazenda Tchissola e possui ainda gabinetes administrativos, entre outros compartimentos.

Já o sistema de rega foi inaugurado no Jardim do Pica-pau, arredores da cidade do Huambo, para garantia na sua manutenção na época seca.

Está equipado com um tanque de 15 mil metros cúbicos, painéis solares, quatro postos de rega, entre outros. O sistema, orçado em dois milhões e 500 mil Kwanzas, vai também abastecer água a população do bairro do pica-pau, para fazer face aos constantes cortes no abastecimento domiciliar deste líquido.

Em declarações à imprensa, a administradora em exercício do município do Huambo, Guilhermina Bacia, que inaugurou os equipamentos sociais, apelou os munícipes a denunciar os vândalos dos bens públicos.

Na província do Huambo, os 58 anos do início da Luta Libertação Nacional foi ainda marcado pela realização, no Instituto Superior Politécnico da Caála, de uma palestra sobre a importância da data.

Intervindo no evento, a governadora do Huambo, Joana Lina, orientou os trabalhadores desta região a pautar por uma atitude mais responsável e patriótica nas suas actividades,  para ajudar o Governo a cumprir os programas de desenvolvimento socioeconómico.

Para si, a actividade laboral deve ser desempenhada de forma dinâmica e com competência profissional, para a promoção do desenvolvimento e melhoria das condições sociais dos cidadãos, tal como almejaram os heróis de 4 de Fevereiro.

A 4 de Fevereiro de 1961, patriotas angolanos desencadearam um ataque à Cadeia de São Paulo e à Casa de Reclusão, em Luanda, dando início à Luta Armada.

Esta luta culminou com a proclamação da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.

Terão se destacado na acção, entre outros, os nacionalistas Paiva Domingos da Silva, Imperial Santana, Virgílio Sotto Mayor e Neves Bendinha (já falecidos). Estes ajudaram a coordenar o assalto, cujos preparativos se iniciaram em Outubro de 1960.

A arrojada acção tinha por objectivo primário libertar os presos políticos angolanos que se encontravam encarcerados nas cadeias visadas, acusados pelas autoridades coloniais de actividades subversivas.

Leia também
  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:54:35

    Central híbrida do Londuimbali em fase experimental

    Londuimbali - Duzentos e 50 quilowatts de energia eléctrica estão a ser produzidos em regime experimental, desde a semana passada, pela central híbrida do município do Londuimbali, na província do Huambo.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.