Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Fevereiro de 2019 | 12h25 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2019 | 13h20

Vítimas do acidente do Cuanza Norte transferidas para Luanda

Ndalatando - Sete feridos graves, das 17 vítimas do acidente ocorrido quinta-feira, na Estrada Nacional número 230-A, que recebiam assistência no Hospital Provincial do Cuanza Norte, em Ndalatando, foram transferidos, nesta sexta-feira, para unidades hospitalares de Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

vítimas de acidente evacuadas para luanda

Foto: Diniz Simão

Os sinistrados foram transportados por dois helicópteros ao serviço da Força Aérea Nacional (FAN) para os hospitais Josina Machel e Américo Boa Vida, na cidade de Luanda, onde continuarão a ser assistidos.

O processo de evacuação desses pacientes foi assegurado por duas equipas do Instituto Nacional de Emergências Médicas (INEMA), uma de Luanda, constituída por dois médicos e seis enfermeiros, e outra local, integrada por um médico e cinco enfermeiros, além da equipa clinica do Hospital Provincial do Cuanza Norte.

Segundo o director clínico da unidade sanitária, Inácio Francisco, que falava à Angop, estes pacientes, em estado grave, estiveram internados na unidade de cuidados intensivos do Hospital Provincial do Cuanza Norte com traumatismo craniano encefálico.

Acrescentou que cinco pacientes com ferimentos ligeiros foram também transportados, por via terrestre, para o Hospital Geral de Malanje, por se tratar de residentes nesta província, a fim de estarem próximo das famílias.

A operação de evacuação dos sinistrados foi assistida pelo governador do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, que se mostrou consternado.

O acidente, que envolveu um autocarro da empresa de transportes colectivos TCUL, com 30 passageiros a bordo, que vinha de Luanda, e um camião que fazia o percurso inverso, ocorreu na localidade da Beira Alta, município de Cambambe, Cuanza Norte.

Onze das vítimas faleceram no local do acidente, enquanto três morreram no Hospital Provincial do Cuanza Norte, em Ndalatando, onde os feridos receberam assistência médica.

Entre os mortos constam duas crianças menores de cinco anos e uma de 12 anos.

Quatro feridos receberam já alta depois de assistidos preventivamente no Hospital Provincial do Cuanza Norte.

Os sinistrados, na sua maioria jovens, regressavam da capital do país (Luanda) para as suas áreas de origem após a pausa pedagógica do fim do ano lectivo.

Este é o segundo acidente registado em menos de 48 horas no mesmo local, caracterizado, igualmente, em uma colisão envolvendo um camião cisterna e um veículo ligeiro, com quatro mortos.

Leia também
  • 09/02/2019 09:20:28

    MAPTSS quer expansão do SIAC

    Ndalatando - Os participantes ao Conselho Consultivo Alargado do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) defenderam sexta-feira, em Ndalatando, Cuanza Norte, a expansão da rede de Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC) às localidades cujo nível de desenvolvimento económico, social e demográfico se justifiquem.

  • 09/02/2019 06:34:24

    Detido falso funcionário da TPA em Malanje

    Malanje - Um cidadão de 29 anos de idade foi detido na sexta-feira, em Malanje, pelo SIC (Serviço de Investigação Criminal) ao extorquir dinheiro fazendo-se passar por trabalhador do Gabinete Jurídico da Televisão Pública de Angola (TPA).

  • 09/02/2019 06:15:51

    MAPTSS propõe revisão da lei da greve

    Ndalatando - O Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) vai propor, este ano, a aprovação de uma nova Lei da Greve, da Actividade Sindical e da Negociação Colectiva, anunciou sexta-feira, em Ndalatando, Cuanza Norte, o titular da pasta, Jesus Maiato.

  • 09/02/2019 00:13:03

    Ancião morre durante voo Lisboa-Luanda

    Luanda - Um cidadão angolano, identificado por Sebastião André Dombaxi, de 64anos de idade, morreu esta sexta-feira durante o voo da Taag que fazia a rota Lisboa-Luanda.