Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Maio de 2019 | 16h40 - Actualizado em 16 Maio de 2019 | 17h00

ENDE esclarece contornos do concurso público no Zaire

Mbanza Kongo - O director provincial da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), Filipe Domingos, reconheceu, nesta quinta-feira, falhas no processo de divulgação dos termos do concurso público para ingresso na referida instituição, realizado na província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável reagia a crítica apontada pelos municípes  que alegaram fraude e pouca transparência no processo.

A propósito, explicou que  o concurso não foi publicitado porque os candidatos já haviam feito a entrega dos processos entre 2016 e 2018.

Os munícipes, que falaram à Angop, acusaram ainda a direcção da empresa de ter privilegiado familiares dos funcionários, na sua maioria provenientes de Luanda.

O concurso de provimento de seis vagas contou com a participação  de 33 candidatos, sendo que apenas 12 residem em Mbanza Kongo.

Segundo o munícipe João Daniel, este procedimento da ENDE "contraria a legislação vigente nesta matéria".

Os procedimentos adoptados pelos responsáveis locais da ENDE, adiantou, contrariam os esforços do Executivo angolano que aposta na luta contra o nepotismo e outros males.

Por sua vez, Pedro Morgado Lukau sugeriu que as autoridades competentes anulem tal concurso público, por "desrespeitar as regras exigidas".

Por sua vez, o governador provincial, Pedro Makita Armando Júlia, apelou para o respeito dos procedimentos de ingresso na função pública.

Segundo o governador, que falava quarta-feira, num encontro com munícipes, a admissão de novo pessoal deve basear-se sempre na meritocracia, competência e não ser de forma esquemática e fraudulosa, baseadas em cunhas e favorecimentos.

A ENDE, na província do Zaire, controla, actualmente, 154 trabalhadores nos municípios de Mbanza Kongo, Soyo e Nzeto.

Assuntos Concurso   Província » Zaire  

Leia também
  • 15/05/2019 17:24:22

    Protecção civil catologa duas mil famílias em zonas de risco

    Mbanza Kongo- Duas mil famílias vivem nas encostas e linhas de passagem de águas pluviais no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, informou, nesta quarta-feira, o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros(SPCB).

  • 15/05/2019 14:47:26

    Bombeiros apostam em acções preventivas

    Mbanza Kongo- O aprimoramento das acções de prevenção é a melhor forma de lidar com a incapacidade técnica do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), na província do Zaire, em responder às emergências resultantes de incêndios, catástrofes e outras calamidades naturais.

  • 14/05/2019 13:04:41

    Rixa entre grupos de marginais termina em morte no Nzeto

    Mbanza Kongo - Um jovem de 27 anos de idade morreu, nesta segunda-feira, na vila do Nzeto, província do Zaire, em consequência de uma rixa entre integrantes de dois supostos grupos de marginais, informou hoje, terça-feira, fonte da Polícia Nacional.