Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Setembro de 2019 | 15h10 - Actualizado em 15 Setembro de 2019 | 15h09

Federação das Mulheres Empreendedoras defende mais apoio às vítimas da seca

enongue - A vice-presidente da Federação das Mulheres Empreendedoras de Angola (FMEA) na região sul, Verónica Rito, advogou sexta-feira maior engajamento do Executivo, da classe empresarial e da sociedade em geral no apoio às vítimas da seca no país, visando suprir-se a situação da fome da população.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao discursar no IIº Fórum Regional Sul da FMEA, que terminou nesta sexta-feira, defendeu maior atenção aos grupos mais vulneráveis e que se deslocam do seu habitat para outras localidades, por forma a evitar situações que podem, a par da forme, tirar a vida das pessoas.

“Durante o evento, os participantes demonstraram a sua preocupação relativamente à questão da seca, situação que assola quatro províncias, embora em algumas com mais intensidade, sendo uma situação que deve merecer destaque e também o engajamento de toda a sociedade”, sublinhou.

Sobre o fórum regional, disse que o mesmo visou, dentre outros objectivos, preparar as condições para a realização do 14º encontro da FMEA, a ter lugar em Março de 2020 em Menongue, tal como foi decidido no 13º encontro que teve lugar na cidade de Benguela, em Março de 2019.

Realçou a necessidade urgente de se transformar os resultados do encontro em orientações que devem nortear o funcionamento das associações das quatro províncias presentes, tendo felicitado os prelectores e moderadores por terem conseguido transformar o acto numa verdadeira sala de aula, que permitiu capacitar as mulheres em aspectos que têm a ver com o empresariado.

Subordinado ao lema “Mulheres unidas para a diversificação da economia, rumo ao desenvolvimento local sustentável”, o fórum contou com a participação de empresárias das províncias do Cunene, Huíla, Namibe e do Cuando Cubango.
Dentre os temas abordados destacam-se o Plano Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, Política Bancária no Contexto Actual, Inserção da Mulher Antiga Combatente, Autarquias Locais/Oportunidades para o Empreendedorismo Feminino e as Consequências da Seca na Região Sul.

Leia também
  • 15/09/2019 12:28:01

    Plantadas mil árvores no Lubango

    Lubango - Mil árvores de espécies diversas foram plantadas hoje na cidade do Lubango, província da Huíla, no âmbito de um plano de repovoamento inserido nas comemorações do 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional, a assinalar-se na terça-feira.

  • 15/09/2019 11:40:05

    População de Cacuale beneficia de água potável

    Malanje - Dois mil habitantes do sector de Cacuale, na comuna do Bembo, município de Cangandala, já consome água potável desde sexta-feira, após a inauguração do primeiro sistema de captação, tratamento e distribuição do referido líquido, a partir do rio Cuki.

  • 15/09/2019 11:04:52

    Malanje: Livegum doa bens alimentares a idosos e crianças

    Malanje - Um lote de bens alimentares diversos foi doado sábado à Casa Gaiato e ao Lar de Idosos da Maxinde, pela Liga da Velha Guarda de Malanje (Livegum), com vista a reduzir as dificuldades que as duas instituições enfrentam.