Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Setembro de 2019 | 16h29 - Actualizado em 17 Setembro de 2019 | 16h29

Água potável chega a 20 mil pessoas do bairro Muliata

Dala - Vinte mil 50 pessoas do bairro Muliata, município do Dala (Lunda Sul), já têm água potável, vinte anos depois, com a inauguração hoje, terça-feira, de um sistema de captação e distribuição.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lunda Sul: Sistema de abastecimento de água

Foto: ANGOP

No ocasião o governador provincial, Daniel Neto, apelou a população a conservar a infra-estrutura ora inaugurado, para servir todos, serem vigilantes e denunciar todo aquele indivíduo que destruir um bem público, para ser responsabilizado.

Fez saber que o governo continuará a erguer infra-estruturas que visam a melhoria e bem-estar das comunidades, com destaque a construção de uma escola com sete salas de aulas e apetrechamento de outras.

Igualmente será apetrechado o bloco operatório e o Raio X, com vista a melhorar as condições de saúde das populações, bem como o edifício da Câmara Municipal e residências para os técnicos.

Constam ainda dos programas para o município do Dala a reconstrução de lancis, passeios, rede de esgotos, fornecimento de energia eléctrica as comunidades, com a entrada em funcionamento este ano do ciclo combinado, assim como construção de infra-estruturas que visam atrair mais turistas a investirem na municipalidade.

Por outro lado, solicitou maior envolvimento dos jovens na criação de cooperativas empresariais, com vista a alavancarem projectos que visam oferecer emprego e garantirem o desenvolvimento da região, sem dependência total do governo.

Ainda no âmbito das festividades do dia do herói nacional, o governador da Lunda Sul, Daniel Neto, procedeu a entrega de um tractor a cooperativa agrícola denominada “Massunga Kota”, afecta aos antigos combatentes e veteranos da pátria, com vista a ampliar a área de cultivo e produzir mais.

Por seu turno, o presidente da cooperativa “Massunga Kota”, Adelino Agostinho, disse que o gesto vai conferir mais dignidade aos associados, melhorando cada vez mais o ambiente de cultivo, bem como na diversificação do plantio.

A cooperativa fundada em 2011, congrega 26 associados, deste número sete mulheres, todos antigos combatente e veteranos da pátria, sendo o segundo tractor recepcionado, para os associados trabalharem a terra.

A mesma ocupa uma área total de mil hectares, cultiva principalmente a mandioca, abacaxi, batata-doce e rena, criação de 40 tanques de alevinos e mais de 50 gado bovino.

A cooperativa debate-se com a falta de transporte, insumos e imputes agrícolas, acesso ao crédito bancário, para facilitar a ampliação dos projectos em carteira, bem como ração para os peixes.

Constituído pelas comunas de Dala, Cazage e Luma Cassai, o município é limitado a Norte pelo município de Saurimo, a Este pelo Muconda, a Sul pelas regiões de Lumeje, Camanongue e Moxico, e a Oeste, pelo município de Cacolo, sendo a sua população estimada em 29 mil e 753 habitantes.

Leia também
  • 17/09/2019 03:03:28

    Malanje: Crianças do Kunda-dia-base ganham escola primária

    Malanje- Uma escola primária, de dez salas de aulas, com capacidade para 450 alunos por turno, está à disposição das crianças do município do Kundia-dia-base, após inauguração, no âmbito da celebração do Dia do Herói Nacional.

  • 16/09/2019 22:31:37

    Cuanza Norte:Samba Cajú com mais água potável

    Samba Caju - O abastecimento de água à população da vila de Samba Caju, sede do município com o mesmo nome, foi reforçado, hoje, segunda-feira, com a inauguração de um novo reservatório com capacidade de 80 metros cúbicos, construído no quadro das acções da administração local que visa melhorar o fornecimento deste liquido à população.

  • 16/09/2019 21:40:10

    Religiosos querem estudo científico sobre tolerância

    Luanda-Líderes de várias denominações religiosas defenderam, nesta segunda-feira, em Luanda, a intenção da realização de estudos científicos sobre a tolerância religiosa em Angola, com vista melhor a adequação as leis em vigor no país.