Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Outubro de 2019 | 17h54 - Actualizado em 08 Outubro de 2019 | 11h04

Recadastramento de antigos combatentes poupa 270 milhões/mês

Lucala - O Estado angolano poupa, mensalmente, 270 milhões de kwanzas, com a desativação de 12 mil assistidos fantasmas da lista de assistidos do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Antigos Combatentes no encontro com o Ministro João Ernesto dos Santos (arquivo)

Foto: José Cachiva

Dados disponíveis indicam que, até Fevereiro de 2018, o pelouro controlava 174 mil assistidos, entre antigos combatentes, órfãos e viúvas de guerra, bem como ascendentes e seus acompanhantes, número reduzido para 162 mil e 300 pensionistas.

Pelo país, a campanha perspectiva registar, até ao próximo ano, 79 mil e 809 antigos combatentes, 22 mil e 925 deficientes de guerra, 45 mil e 754 órfãos de guerra, nove mil e 201 viúvas, 3 mil e 650 ascendentes e 961 acompanhantes.

No Cuanza Norte, o processo vai aferir a idoneidade de mil e 620 pensionistas.

A primeira fase do processo de recadastramento de pensionistas foi realizada de Março de 2018 a Abril de 2019.

O titular da pasta, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, falava à imprensa, esta segunda-feira, no Lucala, sede do município com o mesmo nome, Cuanza Norte, à margem do lançamento do processo de recadastramento e prova de vida dos antigos combatentes.

Adiantou que o processo de recadastramento e prova de vida em curso no país, além de aferir a capacidade física dos pensionistas constantes na base de dados, permitirá ao Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria consolidar e validar os dados recolhidos na fase de cadastramento.

A campanha, que já passou pelas províncias de Malanje, Moxico e Luanda, está a ser assegurada por 12 brigadas, de cinco elementos cada, afectos aos Ministérios dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria e das Finanças, que vão percorrer todas as capitais provinciais e sedes municipais.

Durante a estada de algumas horas no Cuanza Norte, João Ernesto dos Santos procedeu à entrega de um tractor e respectivas alfaias a uma cooperativa agrícola de antigos combatentes, no município do Lucala.

Leia também
  • 08/10/2019 08:15:39

    Governo distribui 100 toneladas de bens às vítimas da seca

    Menongue - Cem toneladas de bens diversos estão disponíveis no Cuando Cubango para a sua distribuição nos nove municípios, para beneficiar as 350 mil pessoas afectadas pela seca.

  • 06/10/2019 22:28:46

    Mais de 700 famílias recebem bens diversos

    Lumbala Nguimbo - Setecentas e 96 famílias vítimas da seca que assola a comuna do Chiúme, município dos Bundas, província do Moxico, beneficiaram, hoje, de 40 toneladas de produtos alimentares diversos, para minimizar as suas condições.

  • 04/10/2019 21:10:24

    RNA prevê instalar emissores repetidores na Lunda Sul

    Saurimo - A Rádio Nacional de Angola (RNA) prevê, até ao final do ano, instalar emissores repetidores, nas comunas e nas localidades mais recônditas, para melhorar o sinal da emissora provincial da Lunda Sul.