Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

26 Outubro de 2020 | 23h34 - Actualizado em 26 Outubro de 2020 | 23h33

Governador quer Rede de Protecção da Criança junto das famílias

Malanje - O governador provincial de Malanje, Norberto dos Santos "Kwata Kanawa", destacou, nesta segunda-feira, a necessidade da Rede de Protecção e Promoção dos Direitos da Criança estar cada vez mais próxima das famílias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o governador, que fala na sessão de apresentação do “Novo Paradigma da Rede de Protecção e Promoção dos Direitos da Criança” de Malanje, visa identificar, denunciar, partilhar ideias sobre as situações que violam os direitos dos petizes, bem como contribuir para o aumento de denúncias de casos de violência contra os menores.

Precisou que a rede de protecção e promoção dos direitos da criança, enquanto espaço de reflexão e concertação de todos os actores sociais, constitui um canal de sensibilização das famílias e da sociedade.

Dados disponíveis indicam que 171 casos de violência contra a criança foram registados de Janeiro  a Outubro do corrente ano pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) na província de Malanje, contra os 168 do igual período de 2019.

Dentre os casos, destaca-se a fuga à paternidade, abuso sexual, ofensas corporais, abandono, negligência, disputa de direito de protecção, mal tratos, bem como violências física e psicológica.

No mesmo periódo, 93 crianças de ambos sexos de e nas ruas regressaram ao convívio familiar, após um diálogo entre o INAC e as  famílias, tendentes a pacificação e responsabilização dos infractores.

Em relação a reactivação da rede na província, sublinhou que vai ajudar a reduzir os níveis de violência contra menores.

A Rede Protecção a Criança surgiu em 2002, no âmbito de um projecto financiado pela SCN. Integra 43 ong da sociedade civi.

Catorze anos depois, será reactivada com um novo modelo hoje apresentado aos administradores municipais, directores provinciais, autoridades tradicionais e membros da sociedade civil.

Leia também
  • 26/10/2020 17:11:33

    Covid-19: Polícia nega detenções numa festa no Bié

    Cuito - A Polícia Nacional (PN), na província do Bié, desmentiu nesta segunda-feira informações postas a circular nas redes sociais sobre a detenção, por parte da corporação, de mais de cem pessoas, quando estavam em “baile”.

  • 25/10/2020 18:41:46

    Programa Kwenda beneficia primeiras famílias em Quiculungo

    Ndalatando - Trinta e uma famílias vulneráveis, das mais de duas mil previstas no município de Quiculungo, província do Cuanza Norte, foram contempladas hoje, domingo, com um apoio financeiro à luz do programa de transferências sociais monetárias (Kwenda), levado a cabo pelo Governo angolana.

  • 24/10/2020 18:03:55

    Posto de combustível com grande enchente em Saurimo

    Saurimo - O posto de abastecimento de combustível da Pumangol em Saurimo (Lunda Sul), único com gasolina e gasóleo na cidade (entre quatro existentes), registou este sábado uma das maiores enchentes dos últimos tempos, após mais de um mês de escassez do produto na província.